Obras do IFC devem iniciar em até 15 dias

Contrato para início da obra foi assinado na tarde desta quarta-feira, 15

Obras do IFC devem iniciar em até 15 dias

Contrato para início da obra foi assinado na tarde desta quarta-feira, 15

Em cerimônia realizada na tarde desta quarta-feira, 15, na sede provisória do Instituto Federal Catarinense (IFC), campus Brusque, foi assinado contrato entre a instituição e a empresa CRC Engenharia, para retomada da obra da sede própria do campus, em terreno localizado às margens do rio Itajaí-Mirim, no bairro Jardim Maluche.

Atualmente, a instituição atende na rua Hercílio Luz, no Centro, em espaço alugado. As obras do campus de Brusque foram iniciadas em janeiro de 2012, pela própria CRC, e interrompidas dois meses depois. O contrato com a empresa foi revogado e nova licitação foi aberta em agosto de 2014, mas o Tribunal de Contas da União (TCU) mandou anular o processo, por suspeita de direcionamento da licitação. Após idas e vindas na Justiça, o contrato finalmente pôde ser assinado.

A conclusão da obra está prevista para 18 meses (outubro de 2016), a contar da assinatura do contrato. No total, serão investidos R$ 10 milhões em recursos do governo federal. Segundo a assessoria de comunicação do IFC, o projeto arquitetônico do campus de Brusque é o mesmo já utilizado em outros institutos semelhantes.

Cleiton Dambros, sócio da CRC, informou ao Município Dia a Dia que não haverá problemas técnicos para reinício da obra, isso porque a atual estrutura, segundo ele, foi avaliada pela empresa e poderá ser reaproveitada em sua totalidade, na retomada da obra; ou seja, a empresa garante que nada precisará ser demolido e construído novamente.

Em relação à liberação orçamentária, Antônio Raitani Júnior, diretor do Campus de Brusque, diz que os recursos estão assegurados, pelo menos o necessário para tocar a obra em 2015. Ele explica que 50% do valor será liberado para este ano, e o restante no próximo. Falta, ainda, que a presidente Dilma Rousseff sancione o orçamento da União para 2015, o qual já prevê a liberação orçamentária para a obra.

Ele também aguarda a conclusão dos trâmites na prefeitura, e espera que a obra possa ser retomada nos próximos 15 dias. “Essa data é histórica, perdemos alguns fios de cabelo neste processo. Que a obra comece e não pare mais”, discursou.
Obra anterior não tinha alvará

Juliano Montibeller, diretor-presidente do Ibplan, afirma que o IFC ainda está trazendo os projetos complementares para liberação da obra pela prefeitura, mas que não haverá problemas para liberação do alvará, o que deve ocorrer nos próximos dias. Questionado se o alvará emitido para a primeira obra, em 2013, não teria validade para a retomada, em 2015, ele informou que, na verdade, a primeira obra foi tocada sem alvará.

Segundo Montibeller, o IFC deu entrada nos protocolos, pela primeira vez, em 2013, solicitando a autorização para a obra, mas apresentou muitos projetos cujos modelos foram retirados de obras semelhantes em outros estados, os quais não estavam enquadrados nas mesmas normas técnicas vigentes em Santa Catarina.

Por isso, ficou inviabilizada a concessão do alvará para obra. Ele não soube explicar como a obra começou sem a devida autorização, já que o processo foi conduzido pela gestão anterior à sua. Contudo, Montibeller acredita que se trate algum tipo de acordo firmado entre o Ibplan e o IFC, no sentido de que a documentação necessária à licença fosse apresentada no decorrer da execução da obra.

Porém, como a empresa paralisou as atividades meses depois de ter começado, o indicativo é de que não houve tempo para esse acordo ser concretizado e, por isso, parte da documentação precisou ser encaminhada novamente, neste ano.

O diretor-presidente do Ibplan explica, por fim, que a parte arquitetônica da obra atual já está aprovada, assim como a licença do aterro em que foi assentada a estrutura do prédio do campus de Brusque.
A liberação pelo Corpo de Bombeiros também já foi feita. O reitor do IFC, durante a cerimônia de assinatura de contrato, agradeceu à corporação, isso porque, segundo ele, foi solicitado e atendido que todos os laudos fossem apresentados em prazo recorde, porque a liberação orçamentária, em Brasília, dependia dessas autorizações.
O Campus e os cursos

A obra projetada para Brusque compreende a construção de um prédio com 12 salas de aula, seis laboratórios básicos, auditório, biblioteca, refeitório, área de convivência, quadra poliesportiva coberta e dois laboratórios especiais, para preparação de jovens para o mercado de trabalho. A área doada pela Prefeitura de Brusque para construção da sede própria possui 20 mil m², mas a área construída será de 5,6 mil m². Atualmente, o IFC oferece, no município, cursos técnicos em informática e química, além de cursos do Pronatec.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio