Observatório Social de Brusque fiscalizará compromissos de campanha

Ação quer garantir que todas as propostas feitas no período eleitoral sejam cumpridas até o fim do mandato

Observatório Social de Brusque fiscalizará compromissos de campanha

Ação quer garantir que todas as propostas feitas no período eleitoral sejam cumpridas até o fim do mandato

A partir do mês de julho, o Observatório Social de Brusque vai iniciar o controle social dos compromissos assumidos pelo prefeito Paulo Eccel durante a campanha eleitoral. O objetivo da ação é fiscalizar e garantir que todas as propostas feitas sejam cumpridas até o fim do mandato.

A avaliação dos compromissos acontecerá a cada seis meses durante os quatro anos do mandato de Eccel. Na primeira fase, o diretor do Observatório, Evandro Carlos Gevaerd, se reunirá com os secretários municipais para discutir os compromissos de cada pasta. “A nossa ideia inicial era chamar representantes da prefeitura, Câmara de Vereadores e outras entidades civis para avaliar cada item. Mas antes disso, vamos falar com todos os secretários para fazer uma espécie de entrevista e verificar o que já começou, o andamento dessas obras, e também quais os próximos passos”, explica Gevaerd.

Além do cumprimento dos compromissos assumidos, o Observatório Social fiscalizará os prazos e o andamento das obras. “Vamos fazer também uma avaliação para ver se todas as obras estão dentro do prazo, se o valor inicial do contrato está sendo cumprido, se precisou de termo aditivo. Vamos fazer uma radiografia das propostas e verificar se tudo o que o prefeito prometeu está sendo executado e se a execução está correndo dentro de um cronograma previsto inicialmente”, destaca.

Para Gevaerd, ações como essa são importantes porque exigem dos políticos eleitos a seriedade em cumprir tudo o que foi prometido no momento de pedir o voto. “Muitos políticos prometem coisas e não cumprem, é o chamado estelionato eleitoral. Gostaríamos de iniciar essa rotina de fiscalização e apresentar para a comunidade o que, efetivamente, o prefeito fez daquilo que ele prometeu”, diz.

Ele destaca que o início dessa fiscalização servirá de exemplo para os próximos candidatos. “É importante começar a fazer isso para que os próximos prefeitos saibam que também serão monitorados e terem mais cautela na hora da campanha, porque se ele deixar de cumprir uma promessa sem motivo justificado pode até ser processado, pois se propôs a fazer e não fez, enganou toda uma comunidade”, afirma.

Essa ação também pretende estimular na comunidade a prática da fiscalização. “Com isso, procuramos desenvolver na própria população de Brusque esse interesse de fiscalizar o que o prefeito prometeu, o que está sendo feito, se as obras estão sendo feitas dentro de um padrão que venha a surtir um efeito positivo para a sociedade, se as ações governamentais estão atendendo as necessidades da comunidade”, declara.
A cada seis meses, os resultados da avaliação serão disponibilizados na página do Observatório Social na internet de Brusque, em forma de placar. Ao longo dos quatro anos, serão fiscalizados mais de 120 compromissos feitos durante a campanha eleitoral em 13 áreas.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio