Ocupação irregular no IFC

Obra está parada e sem supervisão ou vigilância

Ocupação irregular no IFC

Obra está parada e sem supervisão ou vigilância

Enquanto a obra do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia Catarinense (IFC) não começa, outros problemas aparecem. Na segunda-feira, 7, servidores constataram que há pessoas usando os alojamentos de funcionários da obra paralisada, na bairro Jardim Maluche. O diretor da unidade, Antônio Alir Dias Raitani Júnior, registrou um boletim de ocorrência na delegacia de polícia nesta terça-feira, 8.

Segundo o relato, às 16 horas de segunda, 7, um servidor foi até o local e viu que um tapume do alojamento onde dormiam os funcionários estava arrombado e que havia vestígios de uma ocupação residencial, inclusive com um varal, tanque de lavação de roupas, churrasqueira de tijolos, duas bicicletas e calçados. Pela estrutura encontrada, provavelmente duas pessoas passaram pelo local.

Não existe qualquer tipo de vigilância para evitar problemas como esse, diz Raitani Júnior. E nada foi levado do local. O diretor afirma que este é um problema pontual, tanto que as pessoas estavam por ali deixaram o local. “Passamos por ali em outros horário e não tinha mais ninguém, provavelmente nos viram e foram embora”. Mesmo assim, caso a prática continue, a procuradoria será acionada e a Polícia Federal poderá assumir o caso por tratar-se de um espaço sob responsabilidade da União. “Mas isso não será necessário. É um problema pequeno, além disso, a obra já vai recomeçar e isso não vai mais acontecer”, afirma o diretor.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio