Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Oito ministros já passaram pelo comando da Pesca no governo federal

Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

Oito ministros já passaram pelo comando da Pesca no governo federal

Dois lados - SEMPRE VOU COLOCAR AQUI SÓ O NOME DA NOTA QUE SERÁ DESTAQUE, CONFORME ACIMA.

Raul Sartori

Bagunça
Depois de extinto o Ministério da Pesca, que chegou a ter a ex-senadora por SC Ideli Salvatti como titular, o governo não se acertou mais. Passou a atribuição para o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, e agora para Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. Nesse tempo, por estes dois, passaram oito ministros. E portarias a torto e direito estão deixando a pesca da tainha em SC, por exemplo, praticamente parada em plena safra e refém da burocracia. Socorro!

Dois lados
Há pelo menos um objetivo edificante na Frente Parlamentar em Defesa do Serviço Público e Contra a Privatização das Empresas Estatais de SC, lançada anteontem na Assembleia Legislativa: a promessa de lutar para garantir não só o fortalecimento da Casan, Celesc, Epagri, Cidasc e Ceasa, mas melhorar a qualidade dos serviços que prestam. Que, por ora, não podem ser considerados bons.

Patrimônios
Há dias, promulgou-se lei estadual declarando integrante do patrimônio histórico, artístico e cultural do Estado a ponte pênsil Padre Mathias Michelizza, entre Capinzal e Ouro. Novamente, ignorando solenemente que tal atribuição cabe exclusivamente à Fundação Catarinense de Cultura, está para ser aprovado outro projeto de origem legislativa. Agora para declarar o terno de reis como patrimônio cultural imaterial de SC.

Mérito
As secretarias de Defesa Civil dos Estados do Rio de Janeiro e de SC e os municípios de Petrópolis, Friburgo (RJ) e Blumenau, receberam o principal prêmio de redução de risco de desastres da Organização das Nações Unidas (ONU), o Sasakawa Award, concedido a cada dois anos a organizações, indivíduos ou iniciativas que contribuam substancialmente para salvar vidas e reduzir a mortalidade global por catástrofe.

Piso ignorado
O Tribunal Superior do Trabalho absolveu as Lojas Colombo de pagar aos empregados sindicalizados do comércio de Lages as diferenças decorrentes de piso salarial estabelecido em norma coletiva com valor inferior ao piso fixado em lei estadual. De acordo com o TST, a União apenas delegou aos Estados a competência para instituir o piso se este já não tivesse sido estabelecido por lei federal, convenção ou acordo coletivo.

Castigo
O TJ-SC negou habeas corpus em favor de um motorista preso preventivamente sob a acusação de, embriagado, ter provocado a morte de duas mulheres, em acidente de trânsito em maio, na SC-401, rodovia que liga o centro ao norte da Ilha de SC. Os desembargadores decidiram manter a prisão em nome da manutenção da ordem pública, aliada ao perigo concreto representado pelo crime, cometido por universitário de 27 anos, sob efeito de álcool, na condução de veículo sem sequer possuir habilitação para tanto.

Em alta
O concordiense e ex-ministro da Indústria e Comercio de Lula, Luiz Fernando Furlan, foi nomeado ontem pelo prefeito de São Paulo, João Dória, presidente do Conselho Deliberativo da SP Negócios, órgão ligado à prefeitura paulistana. Furlan é também presidente do Lide, badalada entidade empresarial fundada por Doria.

Confusão instalada
Ao vetar na íntegra medida provisória que diminuía a área do Parque Nacional de São Joaquim, mantendo a ampliação feita por resolução do Ibama de 2016, o presidente Michel Temer criou mais uma área de conflito pela terra em SC. Nos 103 quilômetros a mais estão áreas ocupadas há décadas por agricultores, fruticultores e agropecuaristas, afetando também empreendimentos turísticos e de aproveitamento eólico, que aguardam licenciamento ambiental. Agora tudo fica engessado, como os milhões investidos. Arrogância do Ibama à parte, faltou diálogo.

Bondades
Vários organismos públicos com o poder na mão estão fazendo tudo para reintegrar ao patrimônio público a área hoje ocupada pelo popular feirão Direto do Campo, no final da avenida Beira Mar Norte, em Florianópolis. No privilegiado espaço, burocratas sonham com um daqueles palácios de cristal só para si. O interessante é que ali ao lado, outra área pública, muito maior, foi cedida há anos para a Federação Catarinense de Tênis, que agora abriga também a Confederação Brasileira de Tênis. Ambas entidades privadas e fechadas. Quem ousa desalojá-las?

DETALHES
Sim, deve ser investigada a morte de uma menina em Mafra por suposta falta de combustível em ambulância do Samu. O que não pode acontecer é, por sensacionalismo de certa mídia, se demonizar o bom serviço que o Samu faz.

Na europeia Joinville foram empossados ontem os membros titulares suplentes do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial. A yalorixá Jacila Barbosa é a presidente.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio