Olaria busca terceiro título consecutivo contra Lageadense, que busca o bi

Equipes têm dominado o futebol amador de Guabiruba, mas retrospecto é muito mais favorável ao atual campeão

Olaria busca terceiro título consecutivo contra Lageadense, que busca o bi

Equipes têm dominado o futebol amador de Guabiruba, mas retrospecto é muito mais favorável ao atual campeão

Olaria e Lageadense se enfrentam neste domingo, às 9h30, no estádio Orlando Westarb, no bairro Guabiruba Sul, pela final do Campeonato Municipal de Futebol Amador de Guabiruba. As equipes se reencontram após o 6 a 1 aplicado pelo atual campeão durante a primeira fase. As últimas duas finais tiveram a presença de ambos, e o desfecho foi o mesmo: título do Olaria.

O Lageadense passou à sua terceira final consecutiva em quatro temporadas, desde que retornou às atividades no futebol de campo, em 2015. O time rubro-verde, campeão de 1992, busca seu segundo título exatamente um mês após ter completado 40 anos de fundação.

Em 2018, foram seis vitórias, dois empates e uma derrota, justamente para o Olaria. A equipe está invicta há seis jogos, e chegou à final após dois duros confrontos contra o Cruzeiro: venceu por 2 a 1 fora de casa, no Aymoré, e empatou em 1 a 1 no Reinaldo Batschauer.

“Se formos olhar para todas as três finais, este é o ano em que podemos conseguir algo diferente. A equipe do Olaria é forte e favorita, mas o Lageadense vem crescendo ano após ano. Vamos com força máxima”, comenta o presidente do Lageadense, Brian Mannrich.

O Olaria chegou à final após vencer o Santo Antônio por 6 a 3 no Lageado Baixo e por 4 a 1 no estádio Orlando Westarb, mesmo enfrentando uma forte oposição em alguns momentos de cada jogo. Na última rodada da primeira fase, já com vários reservas, o time foi derrotado por 4 a 2 pelo Cruzeiro. Com a melhor campanha, decide o campeonato em casa.

O Tricolor da Guabiruba Sul tem conquistado uma hegemonia na última década, construindo ainda mais tradição: com 31 anos de história, busca o oitavo título municipal, o terceiro consecutivo, e esteve presente nas últimas seis finais, com derrota em apenas uma delas. O histórico recente garante à equipe um favoritismo.

O goleiro e capitão da equipe, Jelson Debatin, avalia que das duas finais anteriores, a de 2016 foi onde as equipes estiveram mais próximas tecnicamente e onde o Lageadense conseguiu vender mais caro a derrota.

“Temos para este ano o fator casa. Eles estão acostumados em jogar em um campo menor, e nosso campo tem dimensões bem maiores. Temos um bom retrospecto, mas numa final isto não basta. Temos que saber jogar, concentrados, com calma, sem desespero, para poder buscar mais um título e aí sim confirmar o favoritismo”, afirma.

O troféu da edição de 2018 do campeonato homenageia o Clube 10 de Junho, que completou neste ano 40 anos em 2018 e é tradicional no município, com diversas conquistas em modalidades como futebol, futsal e bocha. Atualmente, o clube não possui time ativo no futebol de campo.

Finais passadas
2017
Lageadense 0x1 Olaria
Olaria 4×1 Lageadense

2016
Lageadense 0x4 Olaria
Olaria 2×1 Lageadense

Ingresso
O ingresso para assistir à decisão é 1kg de qualquer alimento não perecível, que será destinado às entidades do município.