Olaria vence União e conquista a primeira Copa Integração de Futebol Amador da 16ª SDR

Equipe de Guabiruba bateu o time de Tijucas por 3 a 0 e levantou o caneco no Augusto Bauer

Olaria vence União e conquista a primeira Copa Integração de Futebol Amador da 16ª SDR

Equipe de Guabiruba bateu o time de Tijucas por 3 a 0 e levantou o caneco no Augusto Bauer

A festa no Augusto Bauer na noite deste sábado, 14 de setembro, foi tricolor. O Olaria, de Guabiruba, goleou o União, de Tijucas, por 3 a 0 na decisão da primeira Copa Integração de Futebol Amador da 16ª SDR de Brusque. Os gols foram marcados por Nenem, Fofinho e Godo.

O jogo
O ritmo de jogo foi ditado pelo apoio das torcidas das equipes, que compareceram em bom número no estádio. Os jogadores do União apresentaram mais perigo a defesa do time de Guabiruba no começo da partida. Logo no primeiro minuto, Tiaguinho criou boa jogada pela esquerda, mas foi desarmado pela zaga. Dois minutos após, foi a vez de Nenem assustar ao receber livre na entrada da área. Mas a bola foi por cima do gol de Maicon, para alívio do time de Tijucas.
Como já haviam antecipado, os técnicos montaram as equipes bem postadas em campo. O meio campo com forte marcação do Olaria dificultou a chegada à meta de Jelson. A aposta então foi pelas laterais e em contra-ataques, como no lance em que Lele armou o contra golpe, aos sete minutos, mas foi parado por falta na entrada da área. Farinha cobrou e o goleiro fez a defesa em dois tempos, para susto dos torcedores.
A primeira oportunidade clara de abrir o placar foi tricolor. Aos 11 minutos, Nando construiu uma jogada em velocidade, passou para Godo que, sozinho, chutou em direção ao gol, tirando tinta da trave esquerda do goleiro. Mas se não deu certo na velocidade, Nenem soube aproveitar com precisão. Aos 15 minutos, o jogador roubou a bola na entrada da área e chutou à esquerda, sem chances de defesa para Maicon.
O União buscava o empate e o Olaria queria aumentar a vantagem. Em novo lance com Tiaguinho, o jogador driblou na entrada da área e bateu no meio do gol, sem dificuldades de defesa para Jelson. Na resposta, Godo dominou na zona de ataque do time guabirubense e chutou nas mãos de Maicon. Após algumas tentativas das duas equipes, o jogo esquentou. O árbitro marcou falta pela esquerda a favor do União. A torcida e os jogadores do banco de reservas reclamaram muito e, de pronto, o juiz mandou dois jogadores da casamata mais cedo para o chuveiro.
A partida foi definida ainda no primeiro tempo. Fofinho subiu mais que todo mundo dentro da área após a cobrança de escanteio para anotar o seu aos 32 minutos.
Administração do placar
O Olaria entrou em campo para a etapa final apenas para administrar a vantagem. Mas o União não deu folga e, novamente, pressionou nos primeiros minutos. Na cobrança de falta aos nove minutos, Tiaguinho botou a bola com perigo na área, mas antes que alguém mandasse para a rede, Jelson defendeu. Na sequência, Farinha cobrou falta pela direita, mas a zaga isolou. O Olaria, por sua vez, bem organizado, dificultou a saída de bola do adversário. 
Melhor tecnicamente em campo, o time guabirubense conseguiu o terceiro gol aos 20 minutos. Após reposição de bola, Godo dominou de peito, tabelou com seu companheiro de equipe e chutou com precisão na saída do goleiro, para delírio da torcida que já ensaiava gritos de ‘é campeão’.
A melhor oportunidade para o União foi com Daniel, faltando 15 minutos para o fim da partida. Depois de cobrança de falta pela esquerda, Jelson espalmou e, no rebote, o jogador mandou uma bomba, mas a bola foi por cima do gol. O time de Tijucas ainda ensaiou uma pressão no fim do jogo, mas de nada adiantou, a vitória já estava concretizada pelo time tricolor.
O técnico do Olaria, Nilo Westarb, revelou emocionado que uma das armas de seu time é a união. “Essa equipe é uma família. Temos muita disciplina e bons jogadores em todos os setores. A emoção de levar esse título para Guabiruba é muita. Sabia que ia ser difícil, mas falei que a gente ia atrás desse campeonato”, diz. “Falei durante toda a semana que a gente ia matar o jogo no primeiro tempo. Mudei a equipe, a tática, deu certo. 2 a 0 na primeira etapa e o jogo foi nosso”, acrescenta o comandante.
Além do troféu de primeiro lugar, Olaria ainda teve o artilheiro da competição, Godo, ao lado de Tiaguinho do União, com sete gols, e Jelson como goleiro menos vazado. A equipe levou para casa o troféu transitório e as duas finalistas garantiram vaga para a competição no próximo ano.  
> Confira a matéria na íntegra na edição impressa do MDD desta segunda-feira, 16 de setembro.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio