Opções de lanches para vegetarianos e veganos ganham espaço nos cardápios de Brusque

Novas alternativas estão sendo desenvolvidas para dar mais variedade ao público

Opções de lanches para vegetarianos e veganos ganham espaço nos cardápios de Brusque

Novas alternativas estão sendo desenvolvidas para dar mais variedade ao público

Ainda minoria nos cardápios dos estabelecimentos brusquenses, alternativas de lanches sem carne em sua composição estão recebendo mais variedade para seus apreciadores. Entre os locais pesquisados, a maior parte passou a oferecer opções específicas para vegetarianos e veganos há pouco mais de um ano, e há novos produtos em desenvolvimento.

Alternativas pensadas para este público facilitam a rotina de pessoas com a professora Cristiane de Souza, 38. Há quase 20 anos ela adotou uma dieta ovolactovegetariana, quando não há ingestão de carnes, mas ainda se consome derivados como ovos, leite e queijo.

Sempre que há opções, ela prefere consumir lanches sem carnes ou derivados. A redução do consumo de produtos de origem animal também é parte da rotina diária. Durante certo tempo, chegou a adotar o veganismo. Só voltou a consumir ovos e leite durante a gravidez, justamente pela dificuldade de acesso à alimentação.

De acordo com ela, a atenção com o público que compartilha sua opção alimentar não era tão comum até a década de 2000. Na avaliação dela, apesar dos preços considerados altos, Brusque vem recebendo mais opções há cerca de três anos.

“Quando vegana, sempre havia um empecilho na escolha do local, na alimentação em geral, inclusive na escolha de outros produtos. Passava horas lendo os rótulos, questionava os restaurantes antes de comer. Hoje vejo que está bem mais disseminada a ideia do veganismo”, resume.

Divulgação

Atendendo pedidos
No Johnny Pub, no bairro São Luiz, um hambúrguer de lentilha foi a alternativa criada para atender a demanda de parte da clientela. Segundo o proprietário, Jonatan Paulini, era comum ter pedidos por lanches sem carne em grupos de clientes do local.

Além do hambúrguer de lentilha, ele é composto por pão australiano, rúcula, tomate e alface. No local, o lanche também acompanha batatas fritas. O produto é parte do cardápio há cerca de um ano.

Já para quem optar pelo Cako Lanches, no Centro, tem como opção um hambúrguer de quinoa e lentilha. Segundo o proprietário, Misael Soppa, o produto está no cardápio há um ano e cerca de 150 unidades do lanche são vendidas por mês.

Na época, a inclusão também atendia pedidos de parte da clientela. Mesmo com os pedidos considerados poucos, ele projeta a inclusão de outras duas opções para o público vegetariano ou vegano no cardápio. Os produtos estão em desenvolvimento e devem compor o novo cardápio do local, que deve ser lançado no segundo semestre.

Mercado em potencial
Na praça de alimentação da Havan, quem quiser optar por lanches sem carnes tem como opção o B.Burguer. No local, o Honolulu é uma alternativa para o público. Além dele, outras cinco opções de saladas também estão disponíveis.

De acordo com o gerente, Paulo Nascimento, a procura pelas alternativas é diária. No lanche, palmito grelhado, mussarela, alface, tomate, pepino e molho tártaro são os atrativos para quem opta por uma alimentação sem carne.

Pela estimativa de Nascimento, o público e a procura por lanches do tipo tendem a crescer. Hoje, ele afirma que o público se mantém estável e representa entre 10% e 15% de todo o movimento no estabelecimento.

O otimismo é compartilhado por Suzany Debatin, do The Vintage, no bairro Águas Claras. Desde o início da operação, em 2016, eles já dispõem de opção para o público vegetariano. Com adeptos da dieta na família, ela percebia limitação nas alternativas. Na maioria dos lugares eram oferecidos pão com salada e queijo para quem pedia produtos do tipo.

Experiências
No local, o hambúrguer é feito em uma mistura de ingredientes. Batata, cenoura e cebola são a base acompanhada de molho de quatro queijos, alface e cebola. Além da opção com pão convencional, também existe a possibilidade do lanche ser acompanhado por uma versão sem leite e ovos na composição. No ano passado, houve testes com um hambúrguer de couve-flor com creme de palmito, mas o produto acabou saindo do cardápio.

“Tivemos muitas buscas e clientes que vieram de outras cidades para comer nossa opção vegetariana. Alguns eram veganos, então mudamos o nosso molho quatro queijos para o molho barbecue”, lembra. Para Suzany, o mercado está em crescimento e a procura motivou também a criação de uma baguete vegetariana, que deve ser lançada no próximo mês.

Adaptação
No Best Burguer, no bairro Guarani, também há opções para vegetarianos e veganos. O primeiro é composto por tomate grelhado, cebola. alface, mussarela e cheddar. Já o segundo, mais pedido, leva um hambúrguer de lentilha.

Mesmo fora do foco inicial do proprietário André Vinícius Tôndolo, os lanches para o público somam cerca de 600 unidades vendidas por mês. A tendência, afirma, é que novos itens para o público sejam incluídos no cardápio.

Na época da implantação dos itens no cardápio, testes e pesquisas ajudaram a lapidar o produto final. “É complicado para quem não costuma comer este tipo de comida, saber se está bom. Foi feito na tentativa e erro ou perguntando”.

O processo foi semelhante ao de Patrick Thives, do Big Roast Burger, no Souza Cruz. Foi necessário um mês de estudos para que se chegasse ao resultado desejado. Com menos de um ano de empresa, o produto tem sido uma aposta que tem dado retorno. Por semana, cerca de 50 do tipo são vendidos pela estimativa do empresário.

Hoje, com atuação em delivery, Thives acredita que um estabelecimento aberto para visitação deve aumentar a procura do público pelo local. De acordo com ele, a tendência é de ampliação das opções, com lanches voltados para o público vegano. “É uma uma ótima opção, estamos bem contentes com os resultados, afinal de um mercado que vem crescendo todos os dias e poucos lugares se dedicam a ele”.

Divulgação

Opções vegetarianas

The Vintage
Endereço: Rua Santa Cruz, 335, Águas Claras
Abre às 19:00
Telefone: (47) 3351-3231

Johnny Pub
Endereço: Rua Gregório Diegoli, 50, São Luiz
Abre às 17:00
Telefone: (47) 99667-4733

Burguer Bier
Endereço: Avenida Otto Renaux, 259, São Luiz
Abre às 17:00
Telefone: (47) 3044-4475

Cako Lanches
Endereço: Rua Moritz Germano Hoffmann, 100, Centro 1
Abre às 17:00
Telefone: (47) 3396-6605

B. Burguer
Endereço: Rodovia Antônio Heil, 200, Centro 1
Abre às 23:30
Telefone: (47) 3351-9242

Best Burguer
Endereço: Rua Orídes Schwartz, 247, Guarani
Abre às 18:30
Telefone: (47) 3308-4020

Big Roast Burguer
Telefone: (47) 33517270

Alles Blau Bierkneipe Brusque
(47) 3308-6866
Horário: 15:30 às 23:45

Reviva Restaurante Vegetariano
Endereço: Rua Desembargador Érico Torres, São Luiz
Abre às 12h e às 17:30
Telefone: (47) 98407-1943

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio