Operação apreende mercadorias falsificadas das marcas Lacoste e Tommy em 17 lojas de Brusque

Representantes legais das empresas prejudicadas fizeram um levantamento dos estabelecimentos

  • Por Redação
  • 12:50
  • Atualizado às 10:42

Operação apreende mercadorias falsificadas das marcas Lacoste e Tommy em 17 lojas de Brusque

Representantes legais das empresas prejudicadas fizeram um levantamento dos estabelecimentos

  • Por Redação
  • 12:50
  • Atualizado às 10:42
  • +A-A

A Polícia Civil, em parceria com a Polícia Militar e o Ministério Público, realizou na manhã desta quinta-feira, 29, uma apreensão de mercadorias falsificadas em 17 lojas dos centros comerciais FIP e Stop Shop.

Segundo o delegado Juscelino Carlos Boos, os representantes legais das marcas Lacoste e Tommy Hilfiger estiveram em Brusque e fizeram um levantamento das lojas.

Após isso, foi repassado para a Polícia Civil, que cumpriu o mandado de busca e apreensão. Entre os produtos apreendidos estão peças de roupas, tênis e bonés.

O caminhão de uma transportadora de São Paulo, enviado pelos representantes das marcas, acompanhou a operação para recolher os produtos. “Parte da mercadoria ficará na delegacia, para então ser enviada para a perícia, que confrontará com peças originais”, informa o delegado.

O restante dos produtos será encaminhado para as marcas em São Paulo. “Eles deverão retirar as etiquetas das peças e dar um destino final, que provavelmente, será doar para entidades carentes”, conta Boos.

Os proprietários das lojas responderão a um inquérito policial e poderão ser indiciados por violação de propriedade industrial.

Miriany Farias

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio