Operação Tapa-Buraco deve iniciar na próxima semana nas rodovias estaduais

Entre as rodovias, trabalho se concentrará na Ivo Silveira, considerada a mais crítica

Operação Tapa-Buraco deve iniciar na próxima semana nas rodovias estaduais

Entre as rodovias, trabalho se concentrará na Ivo Silveira, considerada a mais crítica

As rodovias estaduais passarão nos próximos dias pela Operação Tapa-Buraco. Ao todo serão 2,2 mil metros quadrados de obras nas rodovias Gentil Battisti Archer, Ivo Silveira e Pedro Merisio. Os trechos contemplados serão os que ligam São João Batista a Brusque; Nova Trento a estrada geral da Claraíba; São João Batista a Major Gercino e Brusque a Botuverá.

O secretário da Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR) de Brusque, Ewaldo Ristow, diz que na quarta-feira, 4, foi escolhida por meio de licitação a empresa que realizará a operação: a Múltiplos Serviços e Obras. “Conseguimos, inclusive, um valor baixo, cerca de 30% a menos do que as outras empresas”.

Para que inicie a Tapa-Buraco, além da melhora do tempo, é preciso que seja elaborado e assinado o contrato com a empresa. O secretário afirma que o serviço não é demorado, e que existem buracos, porém, não há muita quantidade. “Esperamos que São Pedro nos ajude para começarmos imediatamente a operação. Acredito que na próxima semana daremos início à obra,” afirma.

Segundo ele, cerca de 60% da metragem será feita na rodovia Ivo Silveira, trecho considerado mais crítico.

Mutirão de consertos

A Secretaria de Obras de Brusque iniciou ontem um mutirão para consertos de buracos na avenida Primeiro de Maio, no bairro Rio Branco e em vias centrais. A equipe, com aproximadamente dez servidores, executa os reparos emergenciais com asfalto frio ou base.

O secretário de Obras, Miguel Comandoli, diz que nas ruas sem pavimentação não é possível mexer, visto que com o solo molhado, o material tende a tornar-se lama. Nos pontos sem acesso ao transporte coletivo, a pasta encaminha uma carregadeira para melhorar as condições. “Nós estamos viabilizando o mais rápido possível os serviços emergenciais”.

Uma equipe da secretaria também permanece de plantão com a Defesa Civil para possíveis retiradas de barreiras ou desobstrução de passagens. Segundo o secretário, as turmas de conserto de tubulação estão em alerta, já que a condição climática propicia o aparecimento de buracos oriundos de obstrução ou quebra de tubos antigos. “Diariamente, os servidores da limpeza realizam a manutenção no Centro, e nos períodos de melhora, executam os serviços maiores”, explica.

José Marcos Schmidt, morador entre o bairro Primeiro de Maio e Águas Claras, conta que na semana passada, devido aos buracos no trecho próximo onde reside, em frente à Agropecuária Estrela, a roda de um veículo caiu num buraco e o motorista não conseguiu sair.

Mesmo com as manutenções sendo realizadas em Guabiruba, a rua Nicolau Schaefer, no Imigrantes, continua interditada | Foto: Prefeitura de Guabiruba/Divulgação
Mesmo com as manutenções sendo realizadas em Guabiruba, a rua Nicolau Schaefer, no Imigrantes, continua interditada | Foto: Prefeitura de Guabiruba/Divulgação

Guabiruba

Também por causa das constantes chuvas, a Secretaria de Obras e Serviços Públicos de Guabiruba tem intensificado a recuperação das vias públicas em situação crítica, sobretudo as não pavimentadas.

Os serviços estão concentrados no Lageado Baixo, Planície Alta, Guabiruba Sul, São Pedro e Aymoré. Apesar das várias solicitações de reparos que estão chegando à secretaria, a prioridade tem sido atender as vias principais e as que passam o transporte escolar.

Já foram reparadas as ruas Pedro Keller, João Zabel, Alfredo Luis Gums e Sibéria, além de vias do bairro São Pedro. Apesar dos trabalhos, a rua Nicolau Schaefer, no bairro Imigrantes, permanece interditada.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio