Oposição dividida na Câmara de Brusque

Vereador Eduardo Hoffmann - Duda (PDT) vota com situação e projeto nº 82/2011 é aprovado por seis votos a quatro

Oposição dividida na Câmara de Brusque

Vereador Eduardo Hoffmann - Duda (PDT) vota com situação e projeto nº 82/2011 é aprovado por seis votos a quatro

Por causa do feriado de terça-feira de Carnaval, os vereadores brusquenses se reuniram na quinta-feira, 23, para a terceira sessão ordinária de 2012. Na semana passada, a pauta foi trancada devido a retirada do projeto nº 82/2011, de origem executiva. 
O documento institui a tabela de preços para execução dos serviços prestados pelas Fundação do Municipal do Meio Ambiente (Fundema). E na sessão do último dia 14, o vereador Dejair Machado (PSD) pediu que o projeto fosse retirado, pois na sua avaliação havia erros na matéria. 
Como o projeto havia entrado na Câmara em dezembro, e em regime de urgência, a sua retirada fez com que todos os demais projetos da pauta não pudessem ser discutidos e votados, ficando automaticamente na pauta da sessão de quinta-feira.

Em discussão, o projeto foi o mais polêmico do encontro foi aprovado, mesmo com resistência da oposição

O voto de Eduardo Hoffmann – Duda (PDT) foi decisivo. Os favoráveis foram Ademir Bráz de Sousa (PMDB), Alessandro André Moreira Simas (PR), Edson Rubem Müller (PP), Valmir Coelho Ludvig (PT), Vilmar Bunn (PDT) e Eduardo Hoffmann – Duda (PDT). Já os contrários foram Dejair Machado (PSD), Jonas Oscar Paegle (PSD), Nilson Pereira (PTB) e o Roberto Pedro Prudêncio Neto (PSD). Se Duda tivesse votado com a oposição, o voto do presidente Prudêncio definiria a votação. 

**Saiba quais foram os argumento contra e a favor, na edição impressa no Jornal Município Dia a Dia, desta sexta-feira, 24 de fevereiro.  
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio