Ordem de compra do terreno da terceira subestação da Celesc será assinada até o fim do mês

Edital da obra deve ser lançado ainda em 2016; subestação deve ser entregue no início de 2018

Ordem de compra do terreno da terceira subestação da Celesc será assinada até o fim do mês

Edital da obra deve ser lançado ainda em 2016; subestação deve ser entregue no início de 2018

Agora é oficial. Será assinado até o fim do mês a ordem de compra do terreno para construção da terceira subestação da Celesc em Brusque. A área, de fato, é na rua São Pedro, mas a estatal ainda não confirma o local exato para não gerar especulações.

No entanto, o espaço possui três especificações básicas de viabilidade técnica: tamanho (uma área de 5 a 10 mil metros quadrados), está próximo do centro de carga e da linha de transmissão. O terreno foi adquirido por R$ 1,8 milhão, conforme edital publicado no último dia 16.

O assistente técnico da presidência da Celesc, Vitor Lopes Guimarães, afirma que é uma conquista muito grande para Brusque e para estatal. “Depois de uma luta grande chegamos a reta final”. Ele lembra que verificou-se mais de 20 terrenos desde 2012, mas nenhum se adequava às necessidades comerciais, técnicas, ambientais e do Plano Diretor da cidade.

Para que o negócio fosse fechado, o proprietário da área precisou apresentar negativas e a escritura, e o Conselho de Administração da companhia precisou aprovar a compra.

Guimarães explica que após a assinatura do contrato serão feitos os projetos ambientais e contratada uma empresa especializada. Com a liberação ambiental, a previsão é que o edital da obra seja lançado ainda neste ano. A estatal acredita que a terceira subestação deverá ser entregue ao município no começo de 2018.

O custo estimado para construção, incluindo as linhas de transmissão para conexão da obra ao sistema elétrico existente e os alimentadores é de R$ 11 milhões, a ser bancado integralmente pela Celesc.

Com a nova subestação, Brusque resolverá o principal problema que acomete o município no verão: a falta constante de energia elétrica.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio