Órgão nacional alerta Brusque sobre risco de desmoronamentos

Segundo Cemaden, cerca de 2,4 mil pessoas e de 600 pessoas estão em risco

Órgão nacional alerta Brusque sobre risco de desmoronamentos

Segundo Cemaden, cerca de 2,4 mil pessoas e de 600 pessoas estão em risco

O Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) emitiu um alerta para a cidade de Brusque com riscos de desmoronamentos em níveis moderados. De acordo com o órgão, que repassa recomendações para a Defesa Civil de Brusque, por conta do volume de água dos últimos dias, que totaliza 161 milímetros em sete dias e 77 milímetros somente nas últimas 24 horas no município, o solo está sobrecarregado e exige atenção redobrada.

Diversas áreas de risco foram mapeadas pelo Cemaden, dentre elas algumas nos bairros: São Pedro, Bateas, Steffen, Nova Brasília, Limeira, Águas Claras, Zantão, Santa Luzia, Azambuja, Poço Fundo, Ponta Russa, Souza Cruz, Centro e Guarani.

Estima-se que 2412 pessoas em 606 moradias estejam expostas ao risco alertado. Desse modo, a Defesa Civil de Brusque pede a colaboração dos moradores, principalmente os que residem próximos a encostas.

Ao perceber qualquer movimentação de terra é importante que o morador deixe sua residência e entre em contrato com a Defesa Civil o mais rápido possível, por meio dos telefones 199 ou 3396-7413.

Informações sobre o clima, nível do rio Itajaí-Mirim e mais informações estão disponíveis no site da Defesa Civil e nas fanpages do órgão e da Prefeitura de Brusque.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio