Outubro Rosa: conheça a história de Dolores Hort

Outubro Rosa: conheça a história de Dolores Hort

Dolores Hort

Idade: 70 anos
Bairro: Águas Claras
Profissão: Do lar

O câncer de mama esteve presente duas vezes na vida de Dolores Hort: em 1998, na mama direita, e em 2011, na esquerda. Ela começou a se preocupar com a doença quando uma prima foi diagnosticada, e então, ela decidiu também procurar um médico, por prevenção.

“Não aparecia nada no ultrassom, na mamografia. O tempo foi passando e o carocinho que eu tinha sumiu. Foi um até fazer outro exame, em Blumenau, e consultar com um especialista em Florianópolis.”

Dolores fez a cirurgia para a retirada do quadrante, radioterapia e tomou os remédios. Continuou o acompanhamento médico e, pouco mais de 12 anos depois, começou a sentir algo no seio esquerdo. “Não falei nada pra ninguém, que estava sentindo. Fiz o ultrassom e tinha um nódulo de 2,5 centímetros. Fui direto para a quimioterapia.”

A quimio a deixou muito mal, e Dolores passou alguns dias em uma terapia “detox” em Nova Trento após a cirurgia de retirada do seio esquerdo. “Graças a Deus meu cabelo cresceu e estou aqui, viva. Nem acredito, eu não tinha forças pra levantar da cama.”

Ela conta que a família toda ficou em desespero quando ela teve o segundo câncer. “Minha filha mesmo ficou muito abalada, mas ela é meu porto seguro, me leva a Florianópolis, está sempre comigo. Assim como meus filhos e meu marido, que me ajudaram muito.”

Veja também:
Ciclone irá atingir Santa Catarina no fim de semana? Veja o que dizem os especialistas 

Luciano Hang processa Miriam Leitão por danos morais após comentário no Twitter

Prefeitura de Brusque afirma que aumentará repasses a hospitais em 2019

Eleições 2018: Compare o perfil e as propostas dos candidatos à presidência da República

Procurando imóveis? Encontre milhares de opções em Brusque e região

Motos batem de frente e três ficam feridos, em Blumenau