Paróquia Santa Catarina, no bairro Dom Joaquim, realiza transmissão de missas em telões

Celebrações da Páscoa foram exibidas para a comunidade por meio de telas dentro da igreja

  • Por Redação
  • 15:30
  • Atualizado às 12:01

Paróquia Santa Catarina, no bairro Dom Joaquim, realiza transmissão de missas em telões

Celebrações da Páscoa foram exibidas para a comunidade por meio de telas dentro da igreja

  • Por Redação
  • 15:30
  • Atualizado às 12:01
  • +A-A

Com o objetivo de aproximar mais os fiéis da celebração litúrgica, a Paróquia Santa Catarina, no bairro Dom Joaquim, realizou no sábado, 26, a transmissão simultânea da Missa da Vigília Pascal – bênção do fogo novo e preparação do círio pascal, para os telões dentro da igreja. Esse é o terceiro ano consecutivo que essa cerimônia é transmitida.

Julio Boing Neto, integrante da comunidade da paróquia Santa Catarina há mais de dez anos e graduando de Engenharia Elétrica pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) foi o idealizador deste projeto. Ele conta que muitas pessoas participam das missas, no entanto, nestas celebrações
de Páscoa, acontecem rituais específicos, que devido à distância, os fiéis não conseguem acompanhar.

Com a transmissão, comunidade acompanhou a benção do fogo no Sábado Santo / Foto: Reprodução
Com a transmissão, comunidade acompanhou a benção do fogo no Sábado Santo / Foto: Reprodução

Neste ano foram transmitidas a cerimônia de Lava-pés, na Quinta-feira Santa e o Sábado Santo. Boing explica que no sábado a missa inicia fora da igreja, onde é realizada uma fogueira e muitas pessoas não conseguiam ver e escutar o que era dito. “O povo não via e quando voltavam estavam preocupados em encontrar um lugar para sentar. Desta forma acabavam não participando da cerimônia”. Este foi um dos motivos que fez com que ele criasse este mecanismo de transmissão. “Agora, sentados, por meio do telão, as pessoas conseguem ver o que acontece lá fora”, afirma.

Boing ainda conta que os fiéis e a secretaria paroquial aprovaram a ideia e desde então, a cada ano, vem sendo aperfeiçoada. Ele mesmo, sozinho, faz a transmissão. É necessário apenas conectar a câmera no cabo e conectar o telão com o notebook. “É muito simples. Me criei no Dom Joaquim e sou de uma família bem católica. Encontrei uma maneira de inovar e trazer algo diferente para a comunidade. Transmissão via internet já vi em muitos lugares, mas transmitir a celebração para dentro da igreja por telão não tinha visto”, conta.

O graduando também afirma que poderão transmitir outras cerimônias. Porém, ele diz que o período pascal é propício para a utilização deste recurso, devido a suas simbologias. Boing diz que a ideia é usar a tecnologia a favor e não dispersar a comunidade. “É preciso ter bom senso, não queremos criar tumulto, mas sim usá-la para nos ajudar. Estou feliz por contribuir e ver que o respaldo foi positivo”.

O pároco da paróquia Santa Catarina, padre Timóteo José Steinbach, diz que a transmissão tem colaborado muito e aumentado a participação dos fiéis. “Antes eles ficavam na rua, muitos nem conseguiam ver o que acontecia. Agora, assistem tudo em silêncio e não dá aquela correria na hora de entrar na igreja”.

O padre afirma que cerca de duas mil pessoas podem acompanhar a celebração e que a igreja pretende continuar realizando essa transmissão na Páscoa. “É uma simbologia muito bonita, especial, e a comunidade já está se acostumando com isso”.

Transmissões

As transmissões simultâneas da Paróquia Santa Catarina podem ser conferidas por meio da página no facebook e do site. Também é possível acompanhar a celebração do Sábado Santo no Youtube.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio