Participação massiva de público marca a 4ª Fairtec

Edição trouxe maior presença de visitantes durante os quatro dias de evento

Participação massiva de público marca a 4ª Fairtec

Edição trouxe maior presença de visitantes durante os quatro dias de evento

A Feira Tecnológica da Construção Civil (Fairtec) encerra a 4ª edição com grande entusiasmo entre a organização e os mais de 100 expositores. Realizada pelo Sindicato da Indústria da Construção e do Mobiliário de Brusque (Sinduscon), entre os dias 13 a 17 de setembro, no Pavilhão Maria Celina Vidotto Imhof, o evento trouxe como tema “Inovações Tecnológicas e Sustentabilidade”.

A organizadora do evento, Rosângela Andrade, garante que a feira superou as expectativas do Sinduscon tanto em público visitante como negociações e prospecções realizadas durante os quatro dias. “Só temos a agradecer os expositores que investiram nos estandes e acreditaram no evento. Ainda, agradecer ao público que participou e prestigiou”.

O presidente do Sinduscon, Fernando José de Oliveira, relata que o objetivo maior foi trazer o público para a feira, o que foi alcançado com sucesso. Durante os dias de evento, passaram pelo pavilhão visitantes de Brusque e região, bem como de Navegantes, Joinville, Chapecó, Joaçaba, Florianópolis, São Paulo, Paraná e Rio de Janeiro.

“Com o público presente se torna possível realizar negociações, que depende muito da determinação e empenho de cada expositor também. Mas, todos que conversei estavam bastante felizes porque conseguiram fechar negócios durante a feira”, comenta.

Rosângela explica que a Fairtec é realizada a cada dois anos. A escolha por parte do Sinduscon em fazê-la assim se deu pela oportunidade dos expositores se prepararem e trazerem novidades e lançamentos para o público. “Isso tem dado muito certo. Percebemos que a cada edição os expositores se preparam bastante para apresentarem inovações do mercado e encantarem o público”, diz.

Para a próxima edição, Rosângela revela que muitos expositores já pediram reserva de espaço e outros ainda quiseram aumentar o tamanho do estande para 2019. “Encerramos essa feira e começamos a planejar a próxima, que com certeza terá ainda mais novidades e empresas participantes”, garante.

Passeio virtual
O arquiteto Fabricio Pavesi Junior, um dos expositores do evento, trouxe para o público a novidade em apresentação de projetos arquitetônicos com realidade aumentada. Com auxílio de um óculos, o cliente tem a possibilidade de conhecer a área interna da futura moradia por meio de um passeio virtual.

“Para o evento, trouxemos uma casa de 480m² projetada para venda na feira, que entrará em construção. E como diferencial, proporcionamos ao público o passeio virtual”, diz.

Segundo Pavesi Junior, essa novidade para o mercado arquitetônico tem auxiliado muito no desenvolvimento de projetos, que cada vez menos tem correções. “Assim o cliente pode entrar dentro da própria casa antes mesmo de construída e ver como ficará. Com isso, dificilmente o projeto inicial é mudado”.

Atualização de contatos
Além de realizar negociações durante a feira, a Auto Clave Guabiruba expôs, pela 3ª vez, para ter retorno em clientes pós-evento e pelos contatos feitos. “Nosso diferencial é trabalhar com madeiras tratadas, com durabilidade muito maior, com 15 anos de garantia. Isso nos permite competir de igual com madeiras nobres”, informa o sócio-diretor Waldemiro Dalbosco.

Ele conta que o maior objetivo da empresa no evento é poder ser visto pelo público. “Assim, quando alguém precisar de uma madeira de tratamento saberá onde procurar”, frisa. Um dos produtos apresentados e que chamou a atenção do público foi a mesa de seis cadeiras que se torna um banco.

Aprovação do público
Nilton Cosme, de Itajaí, trouxe a namorada Andrea das Graças Ribeiro, de Niterói, Rio de Janeiro, para passear em Brusque quando os dois viram a feira no pavilhão e decidiram parar. “Achei muito legal, é uma feira maravilhosa. O atendimento dado por cada expositor é realmente VIP. Sem falar que o segmento imobiliário tem muitos opções boas”, avalia Andrea.

O casal nunca havia participado de um evento no mesmo segmento da Fairtec e, para Cosme, morador da cidade vizinha a Brusque, afirma que é importante a realização de eventos desse porte para a região.

A moradora de Brusque, Cristina Girelli, 34 anos, é uma participante fiel das edições da Fairtec. Neste ano, ela conta que visitou a feira apenas para ver as novidades do mercado. “Está bastante interessante, especialmente a parte de tecnologia solar, que foi o que mais me chamou a atenção”, comenta.

O casal Leandro Torresani, 37, e Débora Decker, 34, começou a construir a casa neste ano, por isso, visitaram a Fairtec para conhecerem as tendências e inovações do mercado. Na edição passada o casal já havia prestigiado também. “Achamos o que estávamos procurando e, dessa forma foi melhor, pois encontramos tudo em um só lugar”diz Débora.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio