Conteúdo exclusivo para assinantes
Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

PDT veta retorno de Anthony Garotinho ao partido

Raul Sartori

Jornalista graduado em Ciências Sociais, atua na imprensa catarinense há cerca de 40 anos - raulsartori@omunicipio.com.br

PDT veta retorno de Anthony Garotinho ao partido

Raul Sartori

Porta fechada
O secretário geral do diretório nacional do PDT, Manuel “Maneca” Dias, e o presidente do partido, Carlos Lupi, estão juntos na determinação de manter fechado o retorno à legenda do notório ex-governador Anthony Garotinho e sua não menos notória família.

Sem solidariedade
Não há registro de que a família do 3º sargento da Polícia Militar de SC Claudecir Barrionuevo tenha recebido, até agora, mensagem de solidariedade de qualquer uma das trocentas organizações ligadas à defesa dos direitos humanos em SC ou no país. O policial morreu em Chapecó, no início da semana, ao reagir e trocar tiros com criminosos que haviam roubado seu veículo.

Auxiliar
O juiz catarinense Davidson Jahn Mello assumirá, no início de abril, o cargo de juiz auxiliar do ministro Jorge Mussi, no Tribunal Superior Eleitoral. Atuará também na Corregedoria-Geral da Justiça Eleitoral, já que, a partir de agosto, Mussi comandará a Corregedoria Nacional Eleitoral.

Capital da Gastronomia
A Comissão de Educação do Senado aprovou ontem projeto que confere o título de Capital Nacional da Gastronomia Italiana ao município de Nova Veneza, no Sul de SC. A matéria agora segue para votação pelo Plenário do Senado.

Babilônia
Interessante a proposta da senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) em análise na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, que veda a mudança de nome de partidos políticos no período de um ano antes de cada eleição. A prática tem se tornado cada vez mais recorrente em momentos de crise política, e ela tem razão quando diz que o objetivo de muitas siglas é passar para os eleitores uma percepção falsa de mudança.

Ensino discutível
Como o Ministério da Educação não faz, alguém tem que fazer alguma coisa. Foi o que deliberou ontem a Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa, que deu parecer favorável a projeto de lei da deputada Ana Paula Lima (PT), que veda o funcionamento, em SC, de cursos de nível médio ou técnico específico voltados à formação de técnicos de enfermagem na modalidade ensino a distância.

Jogos Universitários
Está pronto para votação em plenário, na Assembleia Legislativa, importante projeto para o esporte, de autoria do deputado Valdir Cobalchini (MDB): institui os Jogos Universitários de SC (JUSC).

Desaparecimentos
Comemorou-se domingo, 18, o Dia Estadual de Prevenção ao Desaparecimento de Crianças e Adolescentes. Certamente muito triste para centenas de famílias. Nos registros da Delegacia de Polícia de Pessoas Desaparecidas (DPPD) há 13 casos de crianças (até 12 anos) e mais de 350 casos de adolescentes (de 12 a 18 anos incompletos), entre cerca de 1.890 desaparecimentos não solucionados no estado.

Trava
Idealizador do projeto Rota da Baleia Franca, o Sebrae-SC inicia a preparação para a temporada 2018 de avistamento dos cetáceos, que começam a chegar ao litoral Sul catarinense em julho e permanecem até novembro, o que movimenta a economia de vários municípios. Mas poderia ser muito mais se o avistamento pudesse ser embarcado, como em todos os lugares do mundo. Aqui, os ecochatos não deixam e todos obedecem seus desmandos.

Taxa
Desde 2016 o Sindicato das Empresas de Transporte Turístico e Fretamento de SC (Sinfrettusc) alerta sobre a cobrança direcionada às prefeituras da nova taxa de fiscalização imposta pelo Deter. Mas somente agora tem sido motivo de preocupação, com o projeto de lei 0089/18, que tramita na Assembleia Legislativa. O setor catarinense exige mudanças urgentes na lei do segmento, datada de 1980.

País do jeitinho
Está na pauta de hoje da Comissão de Assuntos Sociais do Senado projeto do senador Reguffe (sem partido-DF), que enquadra fraude em lista do SUS como improbidade administrativa. Só em um país que não é sério se pode admitir algo assim.

Apropriação
O TJ-SC condenou por improbidade administrativa um ex-vereador da Grande Florianópolis que, por dois anos, exigiu o repasse da maior parte do salário de seu assessor. A decisão determinou a suspensão de seus direitos políticos por três anos, além de pagar multa civil, a ser apurada, no valor de 20 vezes a quantia percebida com o repasse do salário da vítima. Se outros assessores resolvessem abrir a boca…

Conteúdo exclusivo para assinantes

Quero assinar com preço especial
[Acesse aqui]

Sou assinante

Sou assinante do impresso,
mas não tenho login
[Solicite sem custo adicional]

Tire suas dúvidas, em horário
comercial, pelo (47) 3351-1980

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio