Pedestres também são responsáveis por evitar acidentes no trânsito

Autoridades de fiscalização destacam importância de sinalizar na hora de atravessar a rua, mesmo que seja na faixa

Pedestres também são responsáveis por evitar acidentes no trânsito

Autoridades de fiscalização destacam importância de sinalizar na hora de atravessar a rua, mesmo que seja na faixa

De acordo com dados da Polícia Militar de Brusque, 54 motoristas foram multados este ano por não dar a preferência para o pedestre na faixa de segurança. A ocorrência não está entre as mais comuns, mas representa um alerta não só para os motoristas, mas também para os pedestres, destacam autoridades de trânsito.

O secretário de Trânsito e Mobilidade, Paulo Sestrem, afirma que a situação do trânsito de Brusque tem melhorado – com mais condutores respeitando as leis de trânsito e a sinalização. “O respeito tem melhorado, a gente percebe isso na cidade”, diz. Juliana dos Santos Fidalgo Rasera, moradora do bairro Águas Claras, concorda que a convivência entre motoristas e pedestres tem melhorado, porém diz que os motoristas ainda poderiam respeitar mais a faixa de segurança. “Quando eu vou atravessar, eu sinalizo, eu faço a minha parte. Por isso que eu digo que muito depende do pedestre também”, diz.

Gilmar Antônio Parmegiani, morador do bairro Limoeiro, é motociclista e pedestre. Ele afirma que como condutor respeita a faixa e dá a preferência para o transeunte, mas isso nem sempre acontece. “Como pedestre, quando vou atravessar, sempre olho para os lados e fico atento porque alguns motoristas não respeitam ou não estão atentos”, afirma.

Os dois entrevistados têm em comum o fato de que eles acenam para os motoristas quando vão cruzar uma via. O agente de trânsito Jaison Pavesi diz que as pessoas devem acenar para os motoristas, principalmente, em ruas de mão única com duas faixas, pois um dos carros pode não perceber a pessoa.

Na avaliação do major Otavio Manoel Ferreira Filho, chefe do setor de trânsito da Polícia Militar de Brusque, de modo geral o motorista brusquense respeita a faixa. “Via de regra o motorista respeita, mas tem que pedestre que fica desatento, assim como motoristas”, diz o major.

Sestrem afirma que a Guarda de Trânsito Brusque (GTB) trabalha em uma série de projetos educacionais sobre o trânsito – o que demanda boa parte do já pequeno efetivo da GTB. Mas nos próximos meses novos agentes devem ser incorporados à guarda e com isso o secretário afirma que iniciará uma campanha para incentivar o respeito à faixa e o gesto por parte dos pedestres para tornar o trânsito mais civilizado.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio