Pelznickelplatz abre as portas neste fim de semana em Guabiruba

Dias de visitação serão sexta, sábado e domingo

Pelznickelplatz abre as portas neste fim de semana em Guabiruba

Dias de visitação serão sexta, sábado e domingo

A casa do Pelznickel abrirá as portas ao público neste fim de semana para uma viagem histórica e cultural pela antiga Guabiruba. Uma casa com móveis e gastronomia típica dos antepassados e personagens como São Nicolau, Christkindl (noiva simbolizando bondade), Farmhand (dono da casa), Sackmann (homem do saco) e os famosos pelznickels compõem o cenário da Pelznickelplatz, aberta sexta e sábado das 19h às 22h e domingo das 16h às 20h na rua Nicolau Schaefer, 647, bairro Imigrante.

A casa estará aberta também de 15 a 17 de dezembro nos mesmos horários. Uma das novidades de 2017 é o presépio vivo. A atração integra o Natal Mágico de Guabiruba.

No local, as crianças podem escrever cartinhas. Muitas são adotadas. “Nós as lemos, escolhemos umas 20 ou 30 e realizamos os desejos. Quem tiver interesse em adotar essas cartinhas, também pode. Têm crianças que pedem um abraço, outros para a mãe ficar boa”, comenta o vice-presidente da entidade, Fabiano Siegel.

Ele lembra que o pelznickel existe em Guabiruba desde que a região foi colonizada e que a Sociedade Pelznickel preserva a tradição. “A gente gosta de fazer isso. Viveu o pelznickel quando criança e é um prazer fazê-lo agora. A gente vê o rosto das pessoas, brinca. Tem que ser uma brincadeira. Sem gostar dessa tradição, dificilmente alguma pessoa fica nessa brincadeira”, pontua.

O voluntário Jocimar Fischer carrega na sua herança o personagem. Seu avô era pelznickel, seu pai também e ele e o irmão de 13 anos são. “Aquela emoção de ver o pelznickel quando era criança e agora poder estar passando a mesma emoção, não tem palavras para descrever”, diz. Já o integrante Marcelo Carminatti lembra que a tia avó, hoje com 98 anos era a Christkindl e seu pai com 83 anos viveu essa tradição. “Recebemos na casa pessoas de todas as idades. Ano passado uma senhora com mais de 90 anos entrou na casa devagarinho, olhando todos os detalhes. E quando ela viu a mesa posta, sentou e começou a chorar. Disse: eu estou na casa da minha avó”, relata Carminatti.

A Sociedade Pelznickel é formada por mais de 60 voluntários que trabalha durante o ano no planejamento da Pelznickelplatz e dos desfiles que participam. Neste período do ano, eles executam todo o estudo e planos que desenvolveram para o período. As ações contam com o apoio da Prefeitura Municipal, por meio de recursos financeiros repassados pela Fundação Cultural.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio