Piloto Deni do Nascimento cancela ida ao Rally dos Sertões 2012 para tratar pulso fraturado em 2011

Expectativa é que no fim de 2012 ele possa voltar a correr

Piloto Deni do Nascimento cancela ida ao Rally dos Sertões 2012 para tratar pulso fraturado em 2011

Expectativa é que no fim de 2012 ele possa voltar a correr

Desde que voltou do Rally Dakar, a maior e mais difícil competição Off Road do mundo, o piloto de Brusque, Deni do Nascimento, tinha como objetivo correr o Rally dos Sertões 2012, em agosto.

Porém, após a ida ao médico na segunda-feira, 28 de maio, teve que tomar uma difícil decisão: não participar da edição comemorativa de 20 anos da competição brasileira, completados este ano, o segundo maior rali do planeta.

O motivo é uma operação no pulso da mão esquerda, sofrido ainda no Sertões de 2011, quando teve que abandonar a prova na segunda etapa, após uma queda violenta.

Na ocasião, Deni teve luxações nos pés e ainda quebrou o dedão da mão direita. Em seguida, operou o pulso e cerca de três meses depois voltou a treinar de moto, para se preparar para o Rally Dakar. Missão cumprida, completou o campeonato em 24º. 

No entanto, a mão ainda incomodava o piloto. Deni decidiu parar (e não disputar os brasileiros de Baja e Cross Country 2012) e fazer fisioterapia para tratar o pulso fraturado. Assim o fez. Ficou três meses afastado dos treinos. Retornou há cerca de três semanas, mas a mão lesionada não estava totalmente recuperada.

– Não surtiu efeito. Tinha dado esse tempo de três meses e voltei a andar de moto há umas três semanas. Eu ando, mas logo volta a doer. Não adianta eu insistir em andar que não vou conseguir fazer prova longa, principalmente rali. Resolvi, esse ano, abortar as provas e o Sertões – revela Deni.

**Saiba mais na edição impressa do Jornal Município Dia a Dia desta terça-feira, 5 de junho.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio