Pingo deixa Brusque após finais da Copa SC e Paulo Baier é cotado para o cargo

Pingo está confirmado no Caxias (RS) e leva consigo auxiliar; Baier conquistou recentemente Série C estadual

Pingo deixa Brusque após finais da Copa SC e Paulo Baier é cotado para o cargo

Pingo está confirmado no Caxias (RS) e leva consigo auxiliar; Baier conquistou recentemente Série C estadual

O técnico Pingo está de saída do Brusque Futebol Clube. Após comandar o elenco que disputa a Copa Santa Catarina – e fará as finais neste e no próximo fim de semana -, ele deixa o quadricolor para disputar o Gaúchão em 2019, pelo Caxias.

Junto ao comandante acompanha também o auxiliar técnico Bandoch. O preparador físico George Castilhos analisa a proposta de acompanhar o grupo, mas tem outras possibilidades. Já pensando na próxima temporada, com Campeonato Catarinense e competições nacionais, a diretoria do Bruscão cogita nomes. Entre os ventilados e oferecidos ao clube está o técnico Paulo Baier.

Conhecido por passagens como atleta por Atlético-PR, Goiás e Criciúma, Paulo Baier começou sua carreira de técnico recentemente, tendo conquistado o título da terceira divisão estadual pelo Próspera, de Criciúma, e consequentemente o acesso para a segundona catarinense.

Em suas mãos, Baier teria a maior parte do elenco, que têm contrato prolongado para a temporada 2019.

A diretoria do Brusque preferiu não comentar o caso. Diretor de futebol, Carlos Beuting disse que o foco neste momento, é voltado para as finais da Copa Santa Catarina. “Sabemos destas especulações, mas não vamos nos pronunciar sobre isto até o fim da competição”.

Trajetória de Pingo no Brusque
Desde 2014, quando assumiu o comando técnico do Brusque pela primeira vez, Pingo viveu idas e vindas no quadricolor. Neste primeiro ano fez uma campanha surpreendente e deixou o clube durante o Campeonato Catarinense para assumir o Avaí. Na reta final da competição, com outros dois técnicos, o Brusque caiu para a segunda divisão.

O retorno do técnico foi em 2017, obtendo novamente boa campanha dentro do Campeonato Catarinense. Foi nesta temporada que Pingo comandou a primeira classificação da história do Brusque na primeira fase da Copa do Brasil, ao eliminar o tradicional Remo (PA) no estádio Augusto Bauer. Com a classificação, ele esteve a frente do comando técnico no histórico jogo contra o Corinthians, eliminado pelo alvinegro nas penalidades. Ele deixou o Brusque durante o Brasileirão Série D para assumir o Joinville.

A terceira passagem de Pingo pelo quadricolor foi neste ano, no início do Campeonato Catarinense. Ele chegou após a demissão de Picoli. No estadual, não fez grande campanha, mas foi bem na Série D – eliminado na segunda fase nos pênaltis, contra o Tubarão – e chegou à final da Copinha com excelente campanha.

 

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio