Herança empreendedora

Nos 159 anos de Brusque, o jornal O Município homenageia os estabelecimentos e profissionais pioneiros da cidade.

Chegar às 27 histórias retratadas neste especial não foi tarefa fácil. Logo de início, nos deparamos com a falta de material que pudesse embasar as pesquisas. Na maioria dos casos, não há registros oficiais que comprovem que locais e pessoas citadas são, de fato, os primeiros em suas funções.

A saída foi pedir ajuda a brusquenses mais experientes, que com suas lembranças e vivências nos ajudaram a encaixar as peças deste quebra-cabeças. Com isso, chegamos o mais próximo possível dos precursores em cada área.

Também tivemos auxílio de historiadores locais que, com seu conhecimento, nos auxiliaram nas dúvidas e nos indicaram caminhos. 

Igualmente importante foi o Mapa Estatístico do Município, de 1914, publicado no Almanak Laemmert, e pesquisado pelo historiador Paulo Vendelino Kons. O documento traz empresas e serviços existentes em Brusque já naquele ano, assim como seus proprietários.

Assim, tentamos nos aproximar ao máximo daqueles que abriram caminho e, com seu trabalho, contribuíram para transformar Brusque na cidade que hoje conhecemos.

Bárbara Sales e João Vítor Roberge

Agradecimentos

Erico Zendron
Gloria Zen
Grupo Curto Fotos Antigas de Brusque
Jaqueline Kuhn
Paulo Vendelino Kons
Ricardo Engel
Risolete Colzani Schlindwein
Rosemari Glatz

– Introdução
– As aventuras e desventuras de Heinz Willrich
– A geladeira brasileira nasceu em Brusque
– O brusquense que criou Sadol e Melagrião
– A caleça de Rodolfo Pruner
– Pelas águas do rio Itajaí-Mirim
– O primeiro circular de Brusque
– Revolução no comércio de Brusque
– José Belli: exímio marceneiro e carpinteiro
– Banco catarinense, mão brusquense
– As aventuras do alfaiate Gustavo Krieger
– A loja dos brusquenses
Anos de glória e queda da Casa do Rádio
– Brusque eternizada
– A breve e bela história da Rojan
– A história centenária das salas de cinema
– O hotel da família Schaefer
– As cervejas que marcaram época
– Vida e morte da Loja das Malas
– História de 109 anos
– A pioneira da metalmecânica
– O inconfundível sabor da geladinha
– O primeiro jornal dos brusquenses
– A companheira dos brusquenses
– História centenária
– A fábrica de arroz do Bateas
– Helga Kamp, a proprietária da primeira escola de idiomas de Brusque
– O point chique dos anos 50 e 60