Polícia ambiental apreende armas e caças abatidas em Guabiruba

Operação aconteceu na tarde desta segunda-feira, 23 de julho, e terminou com a prisão de um homem de 36 anos

Polícia ambiental apreende armas e caças abatidas em Guabiruba

Operação aconteceu na tarde desta segunda-feira, 23 de julho, e terminou com a prisão de um homem de 36 anos

Cerca de 30 quilos de caça foram apreendidos – Crédito: Pedro Paulo Angioletti/Rádio Araguaia

Uma operação da Polícia Ambiental terminou com a apreensão de armas, munições, caças e com a prisão de um homem de 36 anos no Centro de Guabiruba na tarde desta segunda-feira, 23 de julho. 

José Márcio Jorge, de 36 anos, foi preso na rua Adolfo Schaefer, de posse de três espingardas, munições, armadilhas para caças e aproximadamente 30 quilos de caça abatida e pronta para revenda. 

De acordo com o responsável pela Delegacia de Polícia Civil de Guabiruba, Américo Aurino Ferreira, Jorge foi preso em flagrante por crime ambiental. O artigo 29 da Lei 9.605/98, que determina sanções penais a quem lesa ou danifica o meio ambiente, determina que matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente tem uma pena de detenção de seis meses a um ano, além da multa. 

Jorge está detido na delegacia de Guabiruba e será transferido nesta terça-feira, 24 de julho, para a Unidade Prisional Avançada (UPA) de Brusque. 


Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio