Polícia apreende aves em extinção em viveiro ilegal em Guabiruba

Mandado de busca e apreensão cumprido em três residências encontrou ainda armas utilizadas para caça. Multa pode chegar a R$ 15 mil

Polícia apreende aves em extinção em viveiro ilegal em Guabiruba

Mandado de busca e apreensão cumprido em três residências encontrou ainda armas utilizadas para caça. Multa pode chegar a R$ 15 mil

Na manhã desta sexta-feira, 27 de julho, uma operação realizada pela Polícia Militar Ambiental de Blumenau em conjunto com a Polícia Civil de Brusque e Guabiruba apreendeu aves que estavam em um viveiro de forma ilegal, no bairro Planície Alta, e armas utilizadas para caça de animais. 

De acordo com o delegado responsável pela Divisão de Investigações Criminais (DIC) de Brusque, Alex Bonfim Reis, três mandados de prisão foram cumpridos. Na primeira residência nada foi localizado. Na segunda casa, a polícia encontrou duas espingardas, um revólver, calibre 38, e duas aves que estavam sem registro. Na terceira casa foi encontrada mais uma espingarda e um viveiro com vários animais, todos sem registro, inclusive dois exemplares de Sabiá-Cica, espécie que está na lista de animais em risco de extinção. 

O tenente da PM Ambiental, Márcio Jean Ricardo, informou que os animais passarão pela análise de um veterinário que vai determinar se eles têm condições de serem devolvidos à Natureza. Caso não possam, eles serão enviados ao Centro de Triagem da Polícia Militar Ambiental, em Florianópolis. 

O delegado Reis informou que as espingardas possuem registro e estão regulares, e por isso serão devolvidas aos proprietários. José Rudolf, proprietário do revólver calibre 38, foi autuado em flagrante pela posse ilegal da arma e responderá um Termo Circunstanciado pelas duas aves encontradas em sua residência. 
Vanderlei Rudolf  vai responder a um termo circunstanciado em virtude dos animais encontrados no viveiro de sua residência. Segundo Reis a multa pode chegar a R$ 15 mil. 
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio