Polícia Civil abre inquérito para investigar morte de três jovens

Colisão entre motocicletas no domingo, 15, matou João Pedro da Silva, Bryan Raul Amorim e Monike Fischer

Polícia Civil abre inquérito para investigar morte de três jovens

Colisão entre motocicletas no domingo, 15, matou João Pedro da Silva, Bryan Raul Amorim e Monike Fischer

A Polícia Civil de Itajaí abriu nesta semana uma investigação para apurar as circunstâncias do acidente que vitimou três jovens – João Pedro da Silva, 16 anos; Bryan Raul Amorim, 20, e Monike Fischer, 21 – na noite de domingo, 15, na rodovia Antônio Heil, em Itajaí. A delegada Rosi Serafim, diz que o inquérito pretende descobrir qual dos condutores – Silva ou Amorim – foi o responsável pela colisão. Além de ouvir testemunhas que presenciaram o acidente, serão feitas perícias nas motocicletas e avaliados os exames toxicológicos das vítimas.

“Pretendemos apurar exatamente o que aconteceu naquela noite. Se de fato for comprovada a culpabilidade do condutor que era menor de idade, como apontam algumas suspeitas, os pais serão responsabilizados, não pelo acidente, mas pelo fato de permitirem que um adolescente que não possuía licença para dirigir tivesse acesso ao veículo”, diz.

Dentro de dez dias, a delegada chamará pessoas que presenciaram o acidente para testemunhar. Junto com a perícia e o laudo toxicológico, o caso será encaminhado no prazo de 30 dias para o Ministério Público de Santa Catarina (MP-SC), que decidirá se deve ou não abrir um processo criminal.
O caso

De acordo com a Polícia Militar Rodoviaria (PRMv), que atendeu a ocorrência por volta das 21h de domingo, o acidente envolveu quatro motocicletas. Em três delas, estavam casais que seguiam de Brusque em direção à BR-101. Bryan Amorim e a namorada Monike Fischer estavam em uma dessas motos, uma Kawasaki Ninja ZX 10R. No sentido oposto, estava João Pedro da Silva, que dirigia uma CG 125 Fan. O inquérito quer apurar se algum deles fez alguma ultrapassagem perigosa, que pode ter provocado o acidente.

O acidente aconteceu na altura do km 7, próximo à Epagri. No momento da colisão, João Pedro e Bryan morreram na hora, enquanto Monike Fischer faleceu na quarta-feira, 18, depois de ficar internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Marieta Konder Bornhausen, em Itajaí. Os outros envolvidos no acidente, que estavam junto com o casal brusquense, sofreram apenas lesões leves e devem ser chamados para depor como testemunhas do caso.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio