Polícia Civil apreende mais de meia tonelada de maconha em Biguaçu, na Grande Florianópolis

Dois homens foram presos em flagrante

Polícia Civil apreende mais de meia tonelada de maconha em Biguaçu, na Grande Florianópolis

Dois homens foram presos em flagrante

Depois de mais um mês de investigações, a equipe de Policiais da Divisão de Repressão a Entorpecentes (DRE), integrada à Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC), realizou a maior apreensão de drogas dos últimos anos. Na madrugada desta segunda-feira, 16 de julho, os policiais apreenderam 420 tabletes de maconha, entre as localidades de Sorocaba e Três Riachos, no município de Biguaçu, na Grande Florianópolis. Houve perseguição e uma pessoa foi presa.

A droga, que estava acondicionada em embalagens plásticas e pronta para ser revendida, foi encontrada dentro do fundo falso da carroceria de um caminhão com placas do Paraná. Os entorpecentes seriam descarregados em um sítio em Biguaçu e depois distribuídos a traficantes da Grande Florianópolis. O motorista da carreta, Volnei Borges, 47 anos, natural de São Paulo, foi preso em flagrante e encaminhado à Deic.  

Na madrugada, quando os policiais abordaram o motorista do caminhão, outro homem conseguiu fugir numa caminhonete. Houve perseguição, o motorista perdeu o controle da direção e capotou às margens de uma estrada do interior de Biguaçu, próximo ao sítio onde o caminhão foi apreendido. 

O segundo traficante envolvido no transporte e comercialização da grande quantidade de maconha foi preso por volta das 13 horas desta segunda. Ele foi identificado como Leandro de Figueiredo, 30 anos
 
Assim que avistou os Policiais, Figueiredo empreendeu fuga numa caminhonete importada. No caminho, ele capotou o carro e se escondeu numa roça de aipim, onde passou o restante da noite e madrugada. Mas, acabou preso em flagrante na manhã de hoje pelos policiais, que estavam de campana nas imediações.

De acordo com informações do delegado Claudio Monteiro, que coordenou toda a operação e o processo investigativo que resultou na apreensão, os entorpecentes teriam vindo do interior do Paraná, da cidade de Ponta Grossa. Depois de dividida entre os distribuidores, a droga seria repassada a traficantes menores e, somente depois, chegaria aos usuários. 

– Graças ao bom trabalho da equipe da DRE, que contou com apoio de outros policiais civis da Deic e de Biguaçu, foi possível obter êxito em mais esta operação – comemorou Monteiro.

Primeiro laudo da droga foi concluído no fim da manhã e entregue a Polícia Civil
 
Numa primeira avaliação, chegou-se a cogitar que a quantidade de droga apreendida pudesse ultrapassar os 1.500 quilos, isso porque alguns tabletes pesavam pouco mais de 500 gramas. Mas, de acordo com o primeiro laudo realizado pelo Instituto Geral de Perícias e entregue no fim da manhã ao delegado Monteiro, O peso total da droga apreendida foi de 650 quilos, pouco mais de meia tonelada.
 
Mesmo assim, esta ainda é a maior apreensão dos últimos anos no Estado. O laudo preliminar também confirma que a substância apreendida trata-se de maconha, pois contém os princípios ativos da droga.


**Notícia atualizada às 15h50 desta segunda-feira, 16 de julho.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio