Polícia Civil prende mulher por desvio de vacina contra a gripe A em Lages

Ela aplicava as vacinas a domicílio ou na própria casa

Polícia Civil prende mulher por desvio de vacina contra a gripe A em Lages

Ela aplicava as vacinas a domicílio ou na própria casa

Seringas e agulhas apreendidas com mulher que desviava doses da vacina – Crédito: Divulgação Polícia Civil

A Polícia Civil, por meio da Divisão de Investigações Criminais (DIC) de Lages, prendeu na manhã desta quarta-feira, 11 de julho, Angelita Tormen Branco, 32 anos, pelos crimes de receptação e medicamento em desacordo com receita médica, em Lages. Angelita era investigada por aplicar a vacina contra a gripe H1N1 desviada da Secretaria Estadual de Saúde.

A suspeita recebia as doses da vacina de uma funcionária da Secretaria de Saúde Regional de Lages, que já foi identificada e deve responder inquérito pelo crime de peculato.  Cada aplicação da vacina custava R$ 30 e era feita a domicílio ou na própria casa de Angelita.

Na manhã de quarta, após monitoramento efetuado na residência da suspeita, foi feita a abordagem em uma mulher que saía do local que confirmou ter sido vacinada. Quando os policiais entraram na residência conseguiram apreender um frasco da vacina com volume para cinco doses, assim como seringas e agulhas utilizadas nos procedimentos.  

Angelita foi presa e o material foi apreendido e entregue na CPP de Lages.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio