Polícia Militar de Brusque comemora 8 anos da instalação do 18º batalhão

Na solenidade ainda ocorreu a promoção dos aspirantes a oficiais, sendo um deles o 2º tenente Fabrício Cenci

Polícia Militar de Brusque comemora 8 anos da instalação do 18º batalhão

Na solenidade ainda ocorreu a promoção dos aspirantes a oficiais, sendo um deles o 2º tenente Fabrício Cenci

A Polícia Militar de Brusque comemorou na tarde desta sexta-feira, 2, os oito anos de instalação do 18º Batalhão no município. A solenidade se tornou ainda mais especial devido a formatura de promoção de três aspirantes a oficiais, sendo um deles Fabrício Cenci, que atuará a partir de agora em Brusque, como 2º tenente, e outros dois de Blumenau.

Durante o evento ainda ocorreu a entrega de elogios aos policiais que se destacaram em ocorrências, sendo uma de apreensão de arma de fogo e outra aos policiais que se arriscaram para evitar um suicídio. Além disso, os organizadores da 3ª Corrida Rústica da PM e os patrocinadores também foram homenageados.

O comandante do 18º BPM, tenente-coronel Moacir Gomes Ribeiro, explica que o fator mais importante de ter um batalhão instalado na cidade é a autonomia administrativa. “Assim, temos a possibilidade de formar policiais militares aqui, ter maior número de efetivo, sem contar a autonomia no desempenho das atividades sem precisar de outro batalhão nos coordenando”.

Em Brusque, a Polícia Militar atua desde 1856. No início, apenas um grupo pequeno veio de Itajaí, batalhão mais antigo do estado, para fazer a segurança. Como a cidade foi crescendo, foi necessário montar um grupamento no município, sendo que na década de 70 se tornou pelotão comandado por um oficial e com 26 policiais.

Em 1991, o então pelotão passou à companhia e se mudou para a atual sede, comandado por um capitão. Em 2007, a companhia foi a guarnição especial, que é uma preparação para o batalhão e já era comandado por um tenente-coronel. Foi então que em 25 de maio de 2009, a Polícia Militar passou para o nível máximo em termos de estrutura, com unidade policial operacional, sendo o batalhão.

Promoção de oficial
O 2º tenente Fabrício Cenci, natural de Chapecó, encontrou na Polícia Militar sua realização profissional. Concurseiro, Cenci se deparou com a oportunidade de atuar na PM, foi então que no fim do ano passado concluiu a graduação no curso de formação de oficiais e optou por vir exercer o oficialato em Brusque.

Por seis meses, fez o estágio probatório e então, nesta sexta-feira, foi promovido ao cargo de 2º tenente, sendo o primeiro posto de oficial. “Agora assumo mais funções propriamente de comando. No estágio passei por todos os setores do batalhão e aprendi a lidar com recursos humanos, questões de patrimônio, finanças, planejamento e instrução. A partir de agora exerço mais atividades de comando, orientado para policiamento de rua”, explica.

Cenci é bacharel em administração de empresas e direito exerceu as funções de técnico judiciário auxiliar e analista do Tribunal de Justiça em Florianópolis durante três anos. Quando surgiu a oportunidade de prestar concurso para o curso de formação de oficiais, percebeu que estava no caminho certo.

“Me identifiquei com a profissão e hoje não me vejo fazendo outra coisa. Desde que me formei é um trabalho que me realizo muito. Sinto que consigo fazer a diferença na vida das pessoas atuando no dia a dia na rua. É uma profissão muito gratificante”, afirma. O tenente garante que daqui para frente será policial militar para sempre até ir para a reserva.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio