Polícia Militar mata homem durante perseguição em Itapema

Ele tinha nove passagens pela polícia catarinense e um mandado de prisão ativo

Polícia Militar mata homem durante perseguição em Itapema

Ele tinha nove passagens pela polícia catarinense e um mandado de prisão ativo

Wellington Oliveira da Silva, 30 anos, foi morto pela Polícia Militar nesta quinta-feira, 25, por volta das 16h25. De acordo com a PM, ele apontou uma arma para um PM, que atirou duas vezes contra o suspeito.

A ocorrência teve início quando o Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) estava em rondas pelo bairro Morretes, em Itapema. Os PMs viram um veículo saindo em alta velocidade da rua 450.

Veja também:
Em um ano, Hospital Azambuja realiza sete cirurgias de captação de órgãos 

Reajuste de mensalidades chega a quase 20% nas escolas particulares de Brusque 

Prefeitura de Brusque retomará programa de atendimento domiciliar a pacientes acamados

O veículo não obedeceu a ordem de parada e começou a fugir, entrando em vias na contramão. Na rua 458, a PM fez o cerco e o homem ainda tentou colidir contra a viatura retornando para a rua 450.

Em determinado momento, o homem perdeu o controle do veículo, rodou na pista e começou a se evadir a pé com uma pistola 9mm.

Segundo a PM, ele passou entre as casas e pulou uma cerca indo para a parte de trás da casa.  Neste momento, os policiais estavam próximos e, segundo o relato dos militares, ao iniciar a varredura, Silva apontou a arma contra eles.

Foi neste momento que um dos PMs atirou duas vezes contra o homem. Segundo a PM, foi acionado o Samu que levou o baleado para o Hospital Santo Antônio, porém ele não resistiu e morreu.

Veja também:
Eleições 2018: as estratégias dos partidos na reta final de campanha

Procurando imóveis? Encontre milhares de opções em Brusque e região

Defesa diz que assassino de Bianca Wachholz agiu em defesa da honra

De acordo com a PM de Itapema, no local, pessoas tentaram entrar na zona isolada ameaçando os policiais. A polícia afirma que foi necessário um disparo de bala de borracha para que se afastassem.

Posteriormente, foi consultado o nome e visto que Silva também possuía mandado de prisão ativo, é de Foz do Iguaçu (PR) e possui nove passagens pela polícia só em Santa Catarina, por posse de drogas, receptação, resistência, roubo a mão armada, dentre outras.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio