Polícia recupera armas escondidas por fugitivos de assalto a banco em Major Gercino

Intenção da quadrilha era arrombar caixas eletrônicos e fugir pelo mato

Polícia recupera armas escondidas por fugitivos de assalto a banco em Major Gercino

Intenção da quadrilha era arrombar caixas eletrônicos e fugir pelo mato

A Operação que evitou o arrombamento de caixas eletrônicos de uma agencia bancária em Major Gercino no feriado do último dia 29 de março teve novos desdobramentos, na tarde desta segunda-feira, 1º de abril. Durante novas incursões na mata, onde dois foragidos permaneceram por mais de 24 horas até serem recapturados, Policiais Civis da Divisão de Furtos e Roubos da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC) localizaram duas espingardas calibre 12, munições de mesmo calibre, dois coletes balísticos (que provavelmente foram furtados de empresas de seguranças), além de miguelitos – (vários pregos unidos entre si em forma de estrela, que seriam usados para estourar pneus de viaturas em caso de possível perseguição) e bolsas com mantimentos e materiais de primeiros socorros.
 
De acordo com o Diretor da DEIC, Laurito Akira Sato, a intenção da quadrilha era arrombar os caixas eletrônicos e fugir com o dinheiro pelo mato. Por isso estavam preparados com alimentos e kits de sobrevivência.
 
Douglas Gabriel Tinelo Monteiro, 28 anos e Gilson Gonçalves, 29 anos, conseguiram fugir do cerco policial montado para evitar o arrombamento ao banco, por não terem oferecido confronto com a Polícia. Já outros três bandidos, que dispararam contra os Policiais e viaturas, acabaram sendo mortos, dentro e em frente à agência bancária.
 
No dia da ação policial que evitou o arrombamento ao caixa, também foram apreendidas 4 pistolas, munições, dinamite e barras de ferro.



Fonte: Polícia Civil SC
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio