Polícia recupera carro roubado e prende quatro

Veículo foi furtado no domingo, 7 de outubro, em Balneário Camboriú

Polícia recupera carro roubado e prende quatro

Veículo foi furtado no domingo, 7 de outubro, em Balneário Camboriú

O Fiat/Pálio branco, placas MCW9714, de Balneário Camboriú, foi roubado domingo a noite – Crédito: Aline Wernke
A Polícia Militar de Brusque e Botuverá, em uma operação conjunta, recuperou um carro roubado na tarde desta segunda-feira, 8 de outubro, e prendeu quatro homens, na rua Botuverá, no bairro Dom Joaquim. 

O veículo, um Fiat/Pálio branco, placas MCW9714, de Balneário Camboriú, foi roubado as 23 horas de domingo, 7 de outubro, em Balneário Camboriú.
De acordo com o Sargento da PM, Edenilson Ricardo de Souza, a recuperação ocorreu após os policias que estavam em rondas no Centro de Botuverá, observarem o veículo saindo de um posto de gasolina. 

– Chamou atenção por eles estarem comprando bebida naquele horário em uma segunda-feira, após consultar a placa foi averiguado que o veículo estava com registro de furto – explicou.

Ao se confirmar que o veículo era roubado, foi acionado a Polícia Civil da cidade e também a PM de Brusque, pois o veículo seguia em direção da cidade vizinha. 

– Acionamos Brusque, para não perder o veículo de vista e tivemos êxito na abordagem quando chegamos no bairro Dom Joaquim, próximo a Sorveteria Primavera – contou.

Após abordar o veículo, foi dado voz de prisão para Albuquerque Souza Santos, 19 anos, Ronaldo da Silva, 23 anos, Fábio Ricardo da Silva, 31 anos e Venício de Souza, 23 anos, que eram os ocupantes do carro. 

Eles foram encaminhados para a Delegacia de Polícia e disseram que foram a Botuverá para tomar banho de cachoeira. 

– Mas isso não quer dizer que é verdade, pois justamente por estarem em quatro pessoas, em uma cidade de interior, que é mais vulnerável, tudo nos leva a acreditar que eles foram até lá com intuito de praticar algum delito – destacou o sargento.
Sobre a posse um veículo roubado, os jovens argumentaram que compraram o carro de uma terceira pessoa, pelo valor de R$400, e que não desconfiaram do roubo, pois o documento do veículo foi apresentado.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio