Policiais e diretores discutem atividades do Proerd

Encontro aconteceu na sexta-feira, 20, com representantes das escolas municipais e estaduais de Brusque

Policiais e diretores discutem atividades do Proerd

Encontro aconteceu na sexta-feira, 20, com representantes das escolas municipais e estaduais de Brusque

Na sexta-feira, 20, responsáveis pelo Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd) e representantes das escolas municipais e estaduais de Brusque se reuniram na sede do 18º Batalhão de Polícia Militar para discutir as atividades do novo ano letivo. Segundo o major Adair Alexandre Pimentel, o objetivo é atingir 100% dos alunos da quinta série de toda a cidade.

“Chamamos aqui todos os responsáveis pelas escolas que possuem o quinto ano do ensino fundamental para receber sugestões e debater ideias que possam complementar as nossas atividades em 2015. Brusque é um dos poucos municípios catarinenses que abrangem todos os alunos que estão nessa série, então a participação de professores e diretores é muito importante para nós”, garante.

O major diz que a escolha de oferecer o Proerd para quinto ano do ensino fundamental é baseada na Teoria da Influência na Aprendizagem, do professor Henry Shaftoe, da Universidade de West England, do Reino Unido. O estudo explica que por volta dos dez anos, a criança é mais próxima dos pais e professores e, principalmente, mais aberta a orientações dadas em casa e na escola. Ao iniciar a adolescência, ocorre um distanciamento desse jovem e a aceitação se torna mais difícil.

Na reunião foram apresentados também o resultado de uma pesquisa feita com 576 alunos do primeiro ano do Ensino Médio, que já passaram pelo Proerd, e revela como esses jovens lidam com as drogas e as escolhas da adolescência. O estudo completo será publicado na edição de amanhã do Município Dia a Dia.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio