Policial se despede da vida militar dedicada a Guabiruba

Com a chegada da aposentadoria, sargento Márcio Wilhelm se dedicará mais à família

Policial se despede da vida militar dedicada a Guabiruba

Com a chegada da aposentadoria, sargento Márcio Wilhelm se dedicará mais à família

Com 26 anos de serviço, o sargento Márcio Wilhelm, da Polícia Militar, teve sua aposentadoria assinada na última semana. Em sua carreira, o militar atuou por três anos em Brusque e o restante em Guabiruba. No município, o policial foi um dos primeiros integrantes da radiopatrulha.

Ele lembra que o primeiro carro de polícia que dirigiu na corporação foi um Fusca, sendo que todos os procedimentos eram preenchidos em papel com uso de formulários. O sargento acompanhou diversas mudanças dentro do grupamento em que atuou, em especial, troca de veículos e registro de ocorrências passando a ser tecnológico por meio do aplicativo no tablet.

O sargento ressalta que durante todos os anos de polícia, teve oportunidade de conhecer pessoas e fazer grandes amizades. “Levo da instituição os bons momentos, as risadas com colegas, os encontros, a convivência harmoniosa, os aprendizados que nos foram repassados e que durante o serviço nos serviram de suporte nas decisões muitas vezes difíceis de tomar”, diz.

Casado com Ilhane Pruner Wilhelm, o casal tem duas filhas: Anne Caroline Wilhelm e Anna Paula Wilhelm. Agora, com a aposentadoria, o sargento pretende dedicar mais tempo à família e ajudar a esposa com a loja que possuí em Guabiruba. “Só tenho a agradecer a todos que conviveram comigo pelo tempo em que trabalhei nesta instituição militar. Que meus colegas e amigos, sempre se mantenham firmes na fé, na lealdade, acreditando que somos capazes de fazer sempre o melhor”, agradece.

Ele acrescenta que muitas vezes a sociedade não reconhece a Polícia Militar pelo trabalho que realiza. Entretanto, afirma que vale é a consciência limpa e sadia, porque tudo na vida é passageiro.

O comandante do grupamento de Guabiruba, sargento Weverton Martins Brandão, descreve o colega de profissão como proativo e sempre disposto a ajudar tanto no serviço operacional quanto na manutenção do quartel. “Ele entende de muitas coisas e usa a experiência para ajudar e repassar conhecimento aos demais. Dono de uma conduta ilibada vai pra reserva de cabeça erguida servindo de exemplo a todos nós”.

O comandante do 18º Batalhão da PM de Brusque, tenente-coronel Moacir Gomes Ribeiro, diz que apesar da alegria da conquista, sente em perder um policial atuante. “Ele construiu uma história muito bonita na corporação. Desejo muita alegria, felicidade e saúde para usufruir e curtir dessa nova fase de sua vida”.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio