Policias encontram motos roubadas e armas usadas em assaltos

Uma denúncia anônima levou a PM e PC até uma casa, no bairro São Pedro

Policias encontram motos roubadas e armas usadas em assaltos

Uma denúncia anônima levou a PM e PC até uma casa, no bairro São Pedro

A motocicleta Honda XR 250 Tornado, placa MHP-8262, de Brusque, que foi roubada durante um assalto, no início da tarde desta sexta-feira, 21, foi recuperada. 

Além dela, mais duas motos, uma CG Titan, de cor azul e outra CB 300, que estavam sendo utilizadas para a prática de assaltos na cidade e região também foram encontradas.

Depois de uma denúncia anônima, as polícias Militar e Civil foram até uma residência, na rua Pedro Hoerner, no bairro São Pedro. 

Neste local, os policiais encontraram as três motos, mais três armas de fogo, roupas e munições. Quando os policiais chegaram, os homens que estavam na casa fugiram para um matagal.

De acordo com o delegado da Divisão de Investigação Criminal (DIC), Alex Bonfim Reis, que comandou a operação, nos últimos dias ocorreu, pelo menos, cinco assaltos praticados pelas mesmas pessoas. 

– A polícia passou a investigar esses crimes e durante o dia de hoje, recebemos uma denúncia informando onde estariam as motos -, relata. 

Com essas apreensões, a polícia passa a investigar para tentar identificar os responsáveis pelos crimes. 

– Ainda não temos a autoria, mas acreditamos que com os objetos, em breve conseguimos elucidar esse crime. Acreditamos que agora, momentaneamente, os agentes estejam desarticulados e não pratiquem mais crimes -, analisa o delegado.

Segundo Reis, a moto roubada nesta sexta-feira, possivelmente, seria para a continuidade da prática desses crimes. 

– A moto que inicialmente estavam utilizando para os roubos, a CB 300, estava muito visada pelos policiais. Então, certamente, eles a substituiriam -, comenta.

O delegado agradece a colaboração da denúncia anônima, que ajudou a encontrar as motos. – Ainda não conseguimos prender os agentes, mas serão, graças a essa pessoa que denunciou. Por isso, pedimos sempre a colaboração da comunidade, afinal é nossa obrigação profissional, mas dever do cidadão selar pela segurança de sua cidade e rua -, diz.

>>Leia matéria completa na edição impressa do MDD, na segunda-feira, 24 de março.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio