Ponte da SC-486, que liga Brusque e Botuverá, continua danificada por causa das cheias de 2011

Desde setembro de 2011 moradores aguardam por resolução do problema

Ponte da SC-486, que liga Brusque e Botuverá, continua danificada por causa das cheias de 2011

Desde setembro de 2011 moradores aguardam por resolução do problema

Apesar da sinalização, quem trafega pela via precisa de atenção redobrada – Crédito: Taiana Eberle 
Para quem trafega na SC-486, em direção a cidade de Botuverá, pouco antes de chegar ao município, no quilômetro 57, precisa ter a atenção redobrada. Isto porque, na ponte sobre o Rio Itajaí-Mirim há  uma cratera aberta, que desde as cheias de setembro de 2011 aguarda por conserto. 

Por ser uma via estadual, o Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra) é o orgão responsável pelos trabalhos na área, entretanto, apesar das solicitações da Prefeitura de Botuverá e da própria Polícia Rodoviária, que presta serviços no local, até agora não foram iniciados trabalhos de melhoria na ponte.  

– Tem que ser feito. Se cair o resto da ponte, o acesso vai ser interditado e ficará complicado transitar apenas pelo trecho de Águas Negras, que não tem estrutura para receber o trânsito pesado – declara o vice-prefeito de Botiverá, Pedro Paulo Costa.  

Mesmo com sinalização, no asfalto da ponte é possível encontrar diversas marcas de freios de pneus, que registram as freadas bruscas dos veículos que se surpreendem com o buraco. 


** Confira a matéria completa sobre o assunto na edição impressa do Jornal Município desta terça-feira, 28 de fevereiro.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio