Página 3

Bastidores da política e do Judiciário, opiniões sobre os acontecimentos da cidade e vigilância à aplicação do dinheiro público

PR de Brusque será reativado por empresários nesta segunda-feira

Página 3

Bastidores da política e do Judiciário, opiniões sobre os acontecimentos da cidade e vigilância à aplicação do dinheiro público

PR de Brusque será reativado por empresários nesta segunda-feira

Página 3

O Partido da República (PR) será reativado em Brusque nesta segunda-feira, 21. A sigla estava desativada há mais de um ano. O novo presidente do PR brusquense, o empresário Leandro Noldin, e o secretário Aldonei de Souza, o Nei, também empresário, visitaram o jornal O Município para falar dos planos à frente do grupo político.

A posse deles e de toda a diretoria ocorrerá, em evento fechado, no aeródromo Fazenda-Amil, com a presença do deputado federal Jorginho Mello, maior nome do PR catarinense.

O PR de Brusque teve o aval de Jorginho Mello, pré-candidato ao governo do estado. Segundo Nei, o partido já tem sustentação de parte do empresariado do município.

Entre os nomes que manifestaram apoio à reativação da sigla estão Aderbal Staack, da Staack Tinturaria; Amilton José Reis, proprietário da Fazenda-Amil e da Reivan Malhas e Confecções; Otavio Hort, da MH Tinturaria; entre outros.

Conforme Noldin, a ideia é mirar no empresariado em busca de apoio de gente “de fora da política” e que esteja disposta a contribuir, sem querer cargos ou salários em troca.

Números divulgados recentemente por O Município mostram que o PR tem aproximadamente 300 filiados em Brusque. No entanto, segundo Nei, pouco se sabe sobre essas pessoas.

Por isso, a sigla tenta contato com esses membros para atualizar a sua situação e apresentar o novo projeto. O trabalho daqui em diante deve ser no sentido de localizar os filiados para ter mais noção do número real de integrantes.

Ainda que o PR esteja sendo reativado oficialmente antes do prazo para inscrição de candidaturas em outubro, Noldin e Nei sustentam que ninguém de Brusque deverá concorrer no pleito.

Questionado sobre se apoiaria algum candidato do partido, Noldin afirma que Jorginho Mello tem o apoio do grupo. Porém, outros apoios terão de ser discutidos dentro da sigla. Os empresários afirmam que o PR nasce unido e que todas as decisões são tomadas em sintonia, para que não haja alas dissidentes dentro do mesmo grupo.

Leia:
Condomínio do Guarani é o único de Brusque a ter esgoto tratado

Professora de Brusque responderá processo administrativo acusada de chamar aluno de burro

Menos de mil jovens com idade entre 16 e 17 anos estão aptos a votar em Brusque

Com alta procura, agendas de eventos dos clubes de Brusque já têm reservas para 2019