Prédio da antiga maternidade evangélica de Brusque está em reforma

Obra iniciou há um mês com a troca de telhas e madeiras

Prédio da antiga maternidade evangélica de Brusque está em reforma

Obra iniciou há um mês com a troca de telhas e madeiras

O prédio da antiga Maternidade Cônsul Carlos Renaux, localizado na rua Pastor Sandrescky, no Centro de Brusque, está em reforma há um mês. Todo o telhado está sendo trocado devido a problemas de infiltração, além de madeiras, que estavam tomadas por cupins.

A reforma já estava prevista no ano passado, mas não iniciou por falta de recursos, inclusive, grande parte dos materiais tinham sido comprados. O Clube de Engenharia de Brusque (Ceab) realizou o estudo das modificações. A previsão é que o serviço seja finalizado entre dois e três meses. As chuvas têm prejudicado o andamento da obra.

Atualmente, apenas o primeiro andar do prédio é ocupado – acontecem reuniões mensais das três paróquias da Comunidade Evangélica Luterana do município. O segundo e terceiro andar estão vagos.

O presidente da União Paroquial, Edson Deucher, diz que a reforma é para manter o imóvel – um dos patrimônios históricos de Brusque. Segundo ele, não há previsão de mudanças estruturais, pois descaracterizariam o espaço.

Deucher afirma que ainda não se sabe o que será feito com o espaço após a obra, e que a princípio, estuda-se alugar as salas para obtenção de renda para a União Paroquial. “São salas amplas, mas vamos esperar terminar a reforma, que já está atrasada, para decidirmos o que fazer”.

O espaço
O prédio da antiga maternidade abrigou a Biblioteca Pública Municipal Ary Cabral até 2013. Após isso, apenas a secretaria paroquial funcionou na edificação, com o objetivo de deixar o local ocupado e livre de vândalos. A Comunidade Evangélica Luterana preserva o prédio há quatro anos.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio