Prefeitura contará com auditório até o fim de 2015

Espaço de 144 metros quadrados terá capacidade para mais de 100 pessoas e será entregue até o meio do ano

Prefeitura contará com auditório até o fim de 2015

Espaço de 144 metros quadrados terá capacidade para mais de 100 pessoas e será entregue até o meio do ano

A prefeitura de Brusque passará a contar com um auditório com capacidade para mais de 100 pessoas ainda em 2015. O novo espaço faz parte da revitalização do prédio que está sendo executada desde o início do ano passado. Ainda que quase tudo esteja pronto, a sala que abrigará apresentações e reuniões com a comunidade não poderá ser usada até o meio do ano, porque não foram licitados alguns itens de acabamento, a iluminação e o sistema de acústica.

De acordo com o diretor do Departamento Geral de Infraestrutura (DGI), Artur Pereira, o motivo para a demora na licitação é a complexidade dos produtos a serem adquiridos. “Entramos em contato com especialistas para saber qual era o melhor sistema acústico, porque o pé direito do nosso prédio é baixo e não é qualquer sistema que fica bom”, afirma Pereira.

Além da sonoridade no auditório, o diretor afirma que falta concluir a instalação da iluminação no espaço. Pereira explica que serão compradas lâmpadas de LED, que consomem menos e carregam o conceito de sustentabilidade. “Não queremos colocar qualquer tipo de material”, diz.

A previsão do diretor do DGI é de que a licitação para a compra destes produtos ocorra em até 120 dias. A licitação será lançada ainda no início de janeiro e com os prazo legais a instalação por completo dos dois sistemas – iluminação e som – deve ser realizada próximo do meio do ano. Pereira afirma que cerca de 90% da obra do auditório está acabada e que falta somente estes detalhes, que, por sua vez, impedem que o espaço seja utilizado.

A compra dos materiais que foram usados na reforma das salas, banheiro e auditório foi realizada por meio de uma cota anual de licitações que a prefeitura possui. Por exemplo, a aquisição de forros de PVC já é prevista na organização da administração municipal para a manutenção das instalações públicas. Em 2014, diz Pereira, parte destes materiais foi empregado na revitalização, desta forma é mais rápido conseguir os materiais. A mão de obra foi realizada pelo próprio DGI.

Demais dependências

Os sanitários do primeiro andar do prédio também foram reformados. Eles receberam novos acabamentos em cerâmica e novas pias, mas a principal mudança é a instalação de duchas. Segundo a prefeitura, o objetivo da mudança é incentivar o uso da bicicleta entre os servidores.

Outras salas nos quatro andares da prefeitura passaram por reformas. “Nós reformamos completamente as salas, fizemos tudo, uma repaginação completa”, diz Pereira. Segundo ele, o objetivo foi “seguir um padrão primando sempre por móveis claros que deixam o espaço mais acolhedor”.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio