Prefeitura de Botuverá pretende construir pórtico na rodovia Pedro Merizio

Projeto está pronto há três anos e construção depende de autorização do Deinfra

Prefeitura de Botuverá pretende construir pórtico na rodovia Pedro Merizio

Projeto está pronto há três anos e construção depende de autorização do Deinfra

O prefeito de Botuverá, José Luiz Colombi, o Nene, e o vice-prefeito, Alcir Merizio, estiveram em Florianópolis na semana passada para solicitar ao Departamento Estadual de Infraestrutura (Deinfra) a construção de um pórtico de entrada na rodovia Pedro Merizio.

O projeto existe há três anos e ainda não foi construído, pois o trecho onde a estrutura será inserida pertence ao governo do estado, sendo necessária a autorização do Deinfra.

Veja também:
Pesquisa detecta agrotóxicos na água encanada de Brusque, mas quantidade é baixa 

Cinco são presos pela morte de homem baleado em São João Batista

Moradores de rua voltam a se concentrar na praça Gilberto Colzani, no Centro de Brusque

 

O pórtico será colocado cerca 500 metros antes do Centro e vai marcar a entrada da cidade. “É para mostrar um pouco da identidade do município. O portal vai retratar as cavernas e também a preservação ambiental”, diz o prefeito.

O projeto foi desenvolvido pela engenheira da prefeitura, Ana Victorino, em conjunto com o  diretor de Cultura, Pedro Luiz Bonomini. “A estrutura dele é metálica e de concreto, mas o acabamento ainda estamos em fase de elaboração”, explica Colombi.

Apesar de ainda estar sendo elaborado, o prefeito adiantou o formato. “Vamos desenhar o retrato de uma caverna para simbolizar o nosso principal ponto turístico”. Também vai haver um mapa, para que além de tirar fotos, as pessoas possam consultar os locais.

Veja também:
Laboratório do Athletico em Brusque já transferiu 80 garotos para clubes profissionais 

Procurando imóveis? Encontre milhares de opções em Brusque e região

Blumenau e Brusque terão shows nacionais nos próximos dias

Nene estima que a estrutura custe cerca de R$ 40 mil e os recursos já estão reservados. Os pilares para a construção já foram comprados e a prefeitura vai abrir um processo licitatório para adquirir a viga do pórtico, de acordo com os padrões do Deinfra.

Apesar da dificuldade em conseguir o aval, o prefeito espera que dentro de 60 dias o Deinfra autorize a prefeitura a realizar a obra.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio