Prefeitura de Brusque atrasa pagamentos de artistas pelo segundo ano seguido

Fundação Cultural garante que pendências estão programadas para serem quitadas

Prefeitura de Brusque atrasa pagamentos de artistas pelo segundo ano seguido

Fundação Cultural garante que pendências estão programadas para serem quitadas

Pelo segundo ano consecutivo, a Prefeitura de Brusque atrasou o pagamento dos artistas que se apresentaram em eventos culturais do município. A Fundação Cultural, entretanto, assegura que todas as pendências estão programadas para serem quitadas.

Leia mais: Tarifa de energia elétrica fica mais barata a partir da próxima semana

Dos quatro eventos, um (Feira do Livro) foi quitado depois de extrapolado o prazo de 30 dias, um (Rock na Praça) está em atraso e os outros dois (Semana Aldo Krieger e Festival de Inverno) serão quitados após o prazo.

“Acho que isso é desorganização ou questão de priorizar outra área em vez da cultura. Alguns acham que o artista não vive somente da arte e que não vai deixar de pagar conta por causa disso. Eu vivo só disso. Pra mim acaba complicando o atraso”, explica a artista e organizadora da Feira do Livro, Lieza Neves.

Na Feira do Livro, cerca de 15 artistas, entre escritores, músicos e atores, apresentaram-se ao longo dos três dias. Além deles, a verba também é destinada à gráfica e à panificadora.

“Fica todo mundo cobrando, eu fico no meio campo”, diz. “Quando a gente se propõe a fazer alguma apresentação, estamos lá no dia e no horário, cumprimos com a nossa parte. É justo que o outro lado também cumpra”, completa a artista.

Caixa apertado

Segundo o diretor da Fundação Cultural, Jean Carlos Fischer, o atraso está relacionado ao “caixa apertado” dessa época do ano. Além disso, ele também diz que a mudança no comando da administração municipal e a exoneração de alguns funcionários também influenciaram para a quitação atrasada das pendências.

“Obviamente não depende apenas da gente, queremos que os artistas tenham paciência. Nós temos esse pequeno atraso acontecendo, mas todos os eventos estão em ordem cronológica para que os compromissos sejam honrados”, diz.

Fischer afirma que o Rock na Praça é o próximo evento na pauta de pagamentos. Ainda segundo ele, seguindo a ordem cronológica, o Festival de Inverno e a Semana Aldo Krieger também serão quitados com retardo.

“O serviço prestado pelos artistas é muito importante. Mas sabemos que há prioridades quando a situação não permite que a prefeitura quite todos os serviços”, afirma.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio