Prefeitura de Brusque deve rescindir contrato com a empresa JM Terraplanagem e Construções LTDA, responsável pelas obras do PAC nos bairros Azambuja e Nova Brasília

Segunda colocada na licitação será chamada para continuar os trabalhos

Prefeitura de Brusque deve rescindir contrato com a empresa JM Terraplanagem e Construções LTDA, responsável pelas obras do PAC nos bairros Azambuja e Nova Brasília

Segunda colocada na licitação será chamada para continuar os trabalhos

Moradores enfrentam poeira e ruas quase intransitáveis – Crédito: Victor Fernando Pereira
A Prefeitura de Brusque deve rescindir nos próximos dias o contrato com a JM Terraplanagem e Construções LTDA, empresa responsável pelas obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) nos bairros Nova Brasília e Azambuja.
A informação foi confirmada pelo prefeito Paulo Eccel na manhã desta segunda-feira, 9 de abril, em entrevista ao Jornal Município Dia a Dia.
Segundo o prefeito, a JM, com sede em Brasília, encontrou dificuldades em trabalhar no solo brusquense, interrompeu os trabalhos por conta própria e solicitou um aditivo de R$ 4 milhões para continuar as obras.
Diante da situação, o governo municipal já notificou a empresa segunda colocada na licitação, e caso ela aceite, assumirá o PAC nas bacias sob responsabilidade da JM.
**Confira a matéria completa na edição impressa do MDD desta terça-feira, 10 de abril, com a opinião dos moradores e detalhes sobre a situação do PAC em Nova Brasília.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio