Prefeitura de Brusque entrega ordem de serviço para abertura da avenida Beira Rio

Previsão é que obra na margem direita seja finalizada em 12 meses, ao custo de R$ 3,5 milhões

Prefeitura de Brusque entrega ordem de serviço para abertura da avenida Beira Rio

Previsão é que obra na margem direita seja finalizada em 12 meses, ao custo de R$ 3,5 milhões

Além de amenizar o problema das enchentes, a abertura do canal extravasor na margem direita do rio Itajaí-Mirim vem melhorar a mobilidade urbana de Brusque.

Ciente da importância desta obra para a cidade, o prefeito Jonas Paegle e o vice Ari Vequi entregaram na tarde desta terça-feira, 26, a ordem de serviço para Aline Novak, responsável pela empresa Ramos Terraplanagem, de Blumenau, vencedora da licitação.

A obra consiste na realização da abertura de cerca de 4 mil metros do canal extravasor, das proximidades da rua Theodoro Staack, no Santa Terezinha, até o limite entre os municípios de Brusque e Itajaí. Será feito terraplanagem do canal, intervenções de rebaixamento e corte de taludes.

O recurso, oriundo de financiamento do Badesc, é de aproximadamente R$ 3,5 milhões. Apenas após avaliação do contrato de licitação da Ramos, neste mês, é que a agência de fomento autorizou a execução dos serviços.

A obra deve ser entregue nos próximos 12 meses, sendo que a empresa também deverá fazer a calha viária, nos primeiros 1.460 metros.

Empresa avalizada
O vice-prefeito avalia que a Ramos têm todas as condições de cumprir o cronograma. “É uma empresa que oferece segurança à prefeitura. Eles já trabalham conosco na obra da rua Otaviano Rosa, no Cedro Alto”.

Ele afirma que é uma exigência que as empresas vencedoras de licitação em Brusque tenham condições técnicas de realizar o serviço. “Não vamos aceitar que terceirizem a obra”.

Para o prefeito, a obra representa mais um avanço para a cidade. Segundo ele, a abertura do canal traz maior mobilidade ao município.

Trabalho intenso
Aline, da Ramos Terraplanagem, garante que a empresa fará o possível para finalizar o serviço antes do prazo estipulado. No entanto, afirma que a obra depende das condições climáticas. “É uma obra que necessita exclusivamente de tempo bom”.

Ela afirma que nesta quarta-feira, 27, já iniciam-se os trabalhos de topografia e levantamento primitivo do local.

Durante a semana ainda serão feitos canteiro de obra e nos próximos dias começam a utilizar os equipamentos e maquinários. “Ficamos felizes por ter ganhado a licitação e trabalharemos para cumprir o cronograma”.

Implantação de drenagem
A obra executada até então, nos 540 metros iniciais do canal extravasor, na margem direita do rio Itajaí-Mirim, aos fundos da Unifebe, foram executadas pela equipe da Secretaria de Obras de Brusque.

O órgão fez a implantação de drenagem, confecção de bocas de lobo e a pavimentação asfáltica dos primeiros metros da via. Os trabalhos foram realizados com recurso próprio do executivo.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio