Prefeitura de Brusque promove formação sobre Bolsa Família

Crianças devem atingir o índice mínimo de 85% de frequência escolar

Prefeitura de Brusque promove formação sobre Bolsa Família

Crianças devem atingir o índice mínimo de 85% de frequência escolar

A Prefeitura de Brusque promove nesta quinta-feira, 4 de março, uma formação do Bolsa Família com foco no acompanhamento da frequência escolar das crianças e jovens beneficiadas pelo programa. O evento é fruto de uma parceria entre as secretarias municipais de Educação e Assistência Social, Escola Superior de Administração Pública de Brusque e Secretaria de Estado de Educação. O encontro será realizado no auditório da Unifebe, no bairro Santa Terezinha, das 8h30 às 12h e das 14h às 17h.

A secretária de Educação de Brusque, Gleusa Fischer, destaca que as famílias beneficiadas com o Bolsa Família encontram-se em situação de vulnerabilidade social e a escolarização é forte componente para o rompimento de reprodução da pobreza entre as gerações. “A frequência escolar é o exercício de um direito essencial às nossas crianças e jovens: o direto à educação, que só será assegurado se usarmos este índice como ferramenta para identificarmos os motivos da baixa frequência, na tentativa de solucionar os problemas apresentados”.

A organização do encontro salienta que a condicionalidade mais importante para que a família receba o benefício é que as crianças atinjam o índice mínimo de frequência escolar, que é de 85%, e nos casos dos jovens de 16 e 17 anos que se enquadram no Benefício Variável Jovem, o mínimo de frequência é de 75%. Os alunos que não atingirem esses percentuais mínimos devem ter apontados pela escola o motivo da baixa frequência, com a finalidade de um acompanhamento mais efetivo por parte da Secretaria de Assistência Social.

A formação é destinada aos profissionais da Rede Municipal de Educação, Rede Estadual e Rede Particular de Brusque que possuam alunos com bolsa integral, beneficiários do Programa Bolsa Família, bem como à Rede Municipal de Educação de Guabiruba e Botuverá, além dos operadores municipais masters da frequência escolar de Brusque, Botuverá, Canelinha, Guabiruba, Major Gercino, Nova Trento, São João Batista, Tijucas e Porto Belo.

Programação

8h30 – Abertura com a secretária de Assistência Social e Habitação, Patrícia Freitas, e secretária de Educação, Gleusa Fischer.
9h – Programa Bolsa Família: coordenadora do programa em Brusque, Thaiz Getassi
10h15 – Intervalo
10h30 – Gestão do cuidado: coordenadora estadual da Frequência Escolar do PBF-GEDUC, Judite da Silva Mattos
12h – Almoço
14h – Projeto Presença: funcionamento do Sistema de Acompanhamento da Frequência Escolar. Condicionalidades para receber o benefício, a importância de acompanhar cada aluno e inserir o motivo correto para infrequência. Operadora Municipal Máster, Valdirene Vieira.
15h15 – Intervalo
15h30 – Lançamento no Sistema Presença. O que o Operador Municipal Máster tem acesso e pode modificar e o que depende de outras esferas. Acompanhamento do PBF pelas secretarias de Educação, Assistência Social e Saúde. Os alunos não localizados no município: como evitar que esse número continue crescendo? Operadora Municipal máster, Valdirene Vieira.
17h – Encerramento.



Fonte: Secretaria de Comunicação Social – Prefeitura de Brusque

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio