Conteúdo exclusivo para assinantes

Prefeitura de Guabiruba já arrecadou mais de 65% do valor do IPTU de 2018

Boa parte dos contribuintes já pagou a cota única; em Botuverá, primeiro vencimento é dia 15 de abril

Prefeitura de Guabiruba já arrecadou mais de 65% do valor do IPTU de 2018

Boa parte dos contribuintes já pagou a cota única; em Botuverá, primeiro vencimento é dia 15 de abril

De acordo com o Portal da Transparência, a Prefeitura de Guabiruba recebeu, até a sexta-feira, 29, 66,61% do total previsto a ser arrecadado com o Imposto Predial Territorial e Urbano (IPTU). O percentual corresponde a R$ 1,66 milhão.

A expectativa da prefeitura é arrecadar R$ 2,5 milhões com o IPTU. É um dos impostos mais importantes para a administração municipal, pois vai direto para o caixa. Não existe rateio com outras esferas de governo.

O prefeito Matias Kohler afirma que o percentual de 66,61% não chega a surpreender. A explicação para o valor expressivo é que boa parte dos contribuintes opta pela cota única, com desconto.

“Estamos esperando o mesmo comportamento dos anos anteriores”, avalia o prefeito. A perspectiva é alcançar a meta até o fim do ano, com os contribuintes que parcelaram quitando os débitos.

Ainda segundo o Portal da Transparência, em 2017, foram arrecadados R$ 2,42 milhões com o IPTU durante o ano inteiro. Para este ano, o imposto foi reajustado em 2,7% com base no Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

De acordo com a prefeitura, foram distribuídos cerca de 12 mil carnês. Se for quitado em cota única até 16 de abril, o desconto do IPTU é de 10% e se for até 15 de maio, o contribuinte paga o valor do imposto sem descontos e sem acréscimos.

Botuverá
Em Botuverá, o percentual é bem menor. Segundo o Portal da Transparência da prefeitura, até o momento foram pagos 3,55% do total previsto, que é R$ 300 mil com o IPTU, mais R$ 80 mil com a taxa de lixo – cobrada no mesmo boleto.

Segundo Rogério Comandolli, assistente administrativo da prefeitura, a entrega dos carnês foi finalizada no fim de março. Todos os 900 documentos foram deixados nas residências, informa.

É justamente por isso que o percentual de arrecadação ainda é baixo. Como os carnês só foram entregues agora, a primeira parcela vence só no dia 15 de abril. É nesta data que o “grosso” do tributo deverá cair na caixa da prefeitura.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Quero assinar com preço especial
[Acesse aqui]

Sou assinante

Sou assinante do impresso,
mas não tenho login
[Solicite sem custo adicional]

Tire suas dúvidas, em horário
comercial, pelo (47) 3351-1980

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio