Prefeitura fará chamamento de entidades culturais para convênios

Antes, governo criará lei regulamentar que tratará dos repasses

Prefeitura fará chamamento de entidades culturais para convênios

Antes, governo criará lei regulamentar que tratará dos repasses

Representantes do Instituto Aldo Krieger (IAK), da Sociedade Amigos de Brusque (Casa de Brusque) e do Museu Azambuja estiveram na Prefeitura de Brusque durante a quarta-feira, 19, a fim de discutir com a administração municipal sobre o repasse de convênios para as instituições.

Na oportunidade, acompanhada do vereador Sebastião Lima, a comitiva discutiu com o poder público a situação das entidades que dependem do repasse para manutenção da estrutura e de suas atividades.

Segundo o diretor de gabinete, Rafael Scheibel de Andrade, houve uma mudança na lei federal que regulamenta o repasse de verbas via convênios. “O município está em fase de adaptação para voltar a atender as entidades”.

Ainda segundo ele, está sendo criada uma lei regulamentar em Brusque que delimita sobre estes repasses. A procuradoria está em processo de análise da situação. Posteriormente, será feito o chamamento das entidades e segue os trâmites para repasse dos convênios. “Esses convênios são importantes para o município, pois as entidades que os recebem prestam um grande serviço para a comunidade por meio de contrapartidas sociais, culturais, artísticas, entre outras situações”, destaca Andrade.

O jornal O Município já abordou as dificuldades financeiras enfrentadas pelas instituições.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio