Prefeitura fará chamamento de entidades culturais para convênios

Antes, governo criará lei regulamentar que tratará dos repasses

  • Por Cristóvão Vieira
  • 19:25
  • Atualizado às 15:46

Prefeitura fará chamamento de entidades culturais para convênios

Antes, governo criará lei regulamentar que tratará dos repasses

  • Por Cristóvão Vieira
  • 19:25
  • Atualizado às 15:46
  • +A-A

Representantes do Instituto Aldo Krieger (IAK), da Sociedade Amigos de Brusque (Casa de Brusque) e do Museu Azambuja estiveram na Prefeitura de Brusque durante a quarta-feira, 19, a fim de discutir com a administração municipal sobre o repasse de convênios para as instituições.

Na oportunidade, acompanhada do vereador Sebastião Lima, a comitiva discutiu com o poder público a situação das entidades que dependem do repasse para manutenção da estrutura e de suas atividades.

Segundo o diretor de gabinete, Rafael Scheibel de Andrade, houve uma mudança na lei federal que regulamenta o repasse de verbas via convênios. “O município está em fase de adaptação para voltar a atender as entidades”.

Ainda segundo ele, está sendo criada uma lei regulamentar em Brusque que delimita sobre estes repasses. A procuradoria está em processo de análise da situação. Posteriormente, será feito o chamamento das entidades e segue os trâmites para repasse dos convênios. “Esses convênios são importantes para o município, pois as entidades que os recebem prestam um grande serviço para a comunidade por meio de contrapartidas sociais, culturais, artísticas, entre outras situações”, destaca Andrade.

O jornal O Município já abordou as dificuldades financeiras enfrentadas pelas instituições.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio