Vigilância intensifica fiscalização do mosquito Aedes Aegypti em três bairros de Brusque

Equipe do programa de Controle de Endemias orientará moradores aos sábados

Vigilância intensifica fiscalização do mosquito Aedes Aegypti em três bairros de Brusque

Equipe do programa de Controle de Endemias orientará moradores aos sábados

O programa de Controle de Endemias de Brusque continua com os trabalhos de intensificação das ações de combate ao mosquito Aedes Aegypti, transmissor de doenças como dengue, zika e chikungunya.

A equipe estará nos bairros Nova Brasília, Santa Terezinha e Santa Rita todos os sábados para orientar moradores e identificar possíveis focos.

A enfermeira Letícia Figueiredo explica que o objetivo é se antecipar ao período de calor, quando a proliferação do mosquito é maior. “Queremos que as pessoas mantenham-se alerta o ano todo até mesmo porque não temos um frio tão intenso. Por isso é preciso ficar atento”.

Os bairros foram escolhidos para as ações pois são os que mais possuem focos do inseto. Este ano já foram identificados 40 focos em Brusque, sendo 35 nestas regiões e um no Centro 2, um no São Pedro, um no Steffen e dois no Bateas.

Orientações para evitar a proliferação do Aedes aegypti:

Evite usar pratos nos vasos de plantas. Se usar,
Coloque areia até a borda;
Guarde garrafas com o gargalo virado para baixo;
Mantenha lixeiras tampadas;
Deixe os depósitos para guardar água sempre vedados, sem qualquer abertura, principalmente as caixas d’água;
Plantas como bromélias devem ser evitadas, pois acumulam água;
Trate a água da piscina com cloro e limpe uma vez por semana;
Mantenha ralos fechados e desentupidos;
Lave com escova os potes de comida e de água dos animais no mínimo uma vez por semana;
Retire a água acumulada em lajes;
Dê descarga, no mínimo, uma vez por semana em banheiros pouco usados;
Mantenha fechada a tampa do vaso sanitário;
Evite acumular entulho, pois podem se tornar locais de foco do mosquito da dengue.
Denuncie a existência de possíveis focos de Aedes aegypti para a Secretaria Municipal de Saúde;
Caso apresente sintomas de dengue, chikungunya ou zika vírus, procure uma unidade de saúde para atendimento.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio