Presidente da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc), Glauco José Côrte, se reúne com empresários brusquenses

Encontro foi realizado no fim da tarde de segunda-feira, 28 de maio, e discutiu assuntos relacionados à infraestrutura, carga tributária e estudo de melhorias na rodovia Antônio Heil, entre Brusque e Itajaí

Presidente da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc), Glauco José Côrte, se reúne com empresários brusquenses

Encontro foi realizado no fim da tarde de segunda-feira, 28 de maio, e discutiu assuntos relacionados à infraestrutura, carga tributária e estudo de melhorias na rodovia Antônio Heil, entre Brusque e Itajaí

O presidente da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc), Glauco José Côrte, esteve em Brusque no fim da tarde desta segunda-feira, 28 de maio, quando participou da reunião da diretoria executiva da Associação Empresarial de Brusque (ACIBr).

O evento foi realizado no teatro do Centro Empresarial, Social e Cultural de Brusque e o presidente da Fiesc falou sobre diversos assuntos relacionados à infraestrutura, desindustrialização, panorama econômico de Santa Catarina e o desenvolvimento da região.

Entre os temas do encontro, destaque para um estudo da Fiesc, que foi entregue à ACIBr, sobre a rodovia SC-486 (rodovia Antônio Heil), entre Brusque a Itajaí.

– O estudo não contempla a duplicação porque esse é um encaminhamento mais recente do governo estadual, mas traz algumas propostas para dar mais fluxo de veículos e amenizar a frequência de acidentes que ocorrem nessa rodovia, que segundo esse estudo, são um a cada dois dias. Temos portanto algumas propostas sobre investimentos, e a partir dessa entrega à ACIBr, inicia um processo de discussão técnica também com o governo de Santa Catarina – pontuou Glauco.

Outro trecho importantes discutido na reunião foi a infraestrutura para a indústria em Santa Catarina.

– Mais do que o incentivo fiscal, os investidores olham as condições de infraestrutura. Estudos indicam que uma indústria catarinense gasta em logística quase o dobro do que gasta uma indústria americana, por exemplo. Então temos conversado com o governador Raimundo Colombo, acentuado a necesidade de maiores investimentos em infraestrutura. E não só em rodovias, mas também em ferrovias, em novos aeroportos regionais – avaliou o presidente da Fiesc.

**Saiba mais na edição impressa do Jornal Município Dia a Dia desta terça-feira, 29 de maio.
Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio