Conteúdo exclusivo para assinantes
Página 3

Bastidores da política e do Judiciário, opiniões sobre os acontecimentos da cidade e vigilância à aplicação do dinheiro público

Presidente do PMDB de Brusque nos anos 80 deve voltar ao comando da sigla

Página 3

Bastidores da política e do Judiciário, opiniões sobre os acontecimentos da cidade e vigilância à aplicação do dinheiro público

Presidente do PMDB de Brusque nos anos 80 deve voltar ao comando da sigla

Página 3

Convenção do PMDB
Sigla historicamente dividida, o PMDB realiza a convenção para a eleição do diretório neste sábado, 21, na Câmara de Vereadores, das 10h às 17h. Desta vez, ao que tudo indica, haverá unidade, salvo algum movimento de última hora. A chapa única, montada pelo vice-prefeito Ari Vequi, tem como o indicado para a presidência do diretório Waldir Wilke, que já ocupou o cargo na década de 1980, quando José Celso Bonatelli foi eleito prefeito.

Rezini fora
Segundo o vice-prefeito, desde que foi eleito ele tem trabalhado para unificar o partido em Brusque, visando não só as eleições municipais, mas a base para o pleito para o governo do estado em 2018. Ele admite que esta reestruturação não agradará a todas as alas, porém, diz ter o apoio dos dois vereadores eleitos, secretários e correligionários de peso. Neste cenário, Danilo Rezini não deve permanecer e voltará aos quadros do PPS. Ele, inclusive, já manifestou esse desejo para Vequi, que não se opôs.


Sem capacidade
Uma incômoda realidade foi comentada pelo vereador Waldemiro Dalbosco (PP), líder do governo na Câmara de Guabiruba, durante a sessão do Legislativo desta terça-feira: os governos estão todos quebrados, e não adianta pedir mais nada. Ele comentava o excesso de ofícios que são trocados entre representantes dos poderes, nos quais são solicitadas melhorias para o município. Para Dalbosco, são inúteis, uma vez que o estado perdeu a capacidade de investimento.


Creche do Bateas
O vereador Paulo Sestrem (PRP) apresentou pedido de informação à Prefeitura de Brusque relacionado ao cronograma de implantação de creche no bairro Bateas. Ele relembra que, em reuniões realizadas junto à comunidade meses atrás, o governo se comprometeu a construir um novo espaço, já que o atual pertence à Igreja Católica, que necessita retomar o local e, inclusive, gostaria de tê-lo feito ainda neste ano.


Admissibilidade reprovada
A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara aprovou na noite de ontem, por 39 votos favoráveis, 26 contrários e 1 abstenção o parecer do deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG) pela inadmissibilidade da segunda denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente Michel Temer, pelos crimes de obstrução de Justiça e organização criminosa. Os ministros Eliseu Padilha, da Casa Civil, e Moreira Franco, da Secretaria Geral da Presidência também são citados na denúncia pelo crime de organização criminosa.

Placar inferior
O placar inferior ao registrado na apreciação da denúncia anterior já era esperado pelo governo. Após uma manobra do PSB, a líder do partido e aliada do Planalto, deputada Tereza Cristina (MS) foi substituída pelo oposicionista Júlio Delgado (MG). Com isso, a base governista teve dois votos a menos do que o registrado na votação do parecer do deputado Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG). Naquela ocasião, 42 deputados foram favoráveis ao parecer que também recomendava a rejeição da denúncia.


Multas no cartão
O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) publicou ontem resolução que altera a forma de pagamento das multas de trânsito e demais débitos relativos aos veículos. A partir de agora, os pagamentos poderão ser feitos em parcelas, por meio de cartão de crédito. Cartões de débito também poderão ser utilizados para pagamentos integrais. O parcelamento poderá englobar uma ou mais multas de trânsito. O órgão de trânsito receberá o valor integral no momento da operação e, então, procederá com a regularização do veículo.

Requisitos
A resolução já está em vigor. Agora, para que essa alternativa venha a ser disponibilizada, é preciso que as entidades integrantes do Sistema Nacional de Trânsito, como Detrans, Departamento de Estradas de Rodagem (DER) e Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) firmem acordos com empresas para habilitá-las a oferecer esse serviço. A resolução aponta que elas devem ser autorizadas por instituição credenciadora supervisionada pelo Banco Central do Brasil a processar pagamentos, sem restrição de bandeiras.


Audiência pública
O prefeito de Brusque, Jonas Paegle, convocou audiência pública para o dia 30 deste mês, às 16h, no salão nobre da prefeitura. O objetivo do encontro é a discussão de prioridades e metas da administração municipal para o ano de 2018, extraídas do Plano Plurianual 2018-2021.


Tarifas dos Correios
Ministério da Fazenda autorizou, pela segunda vez este ano, o aumento das tarifas cobradas pelos Correios. Na edição de ontem do Diário Oficial da União, o governo autoriza o reajuste “sob forma de recomposição” das tarifas dos serviços postais e telegráficos nacionais e internacionais. O reajuste ocorre em duas parcelas: a primeira de 6,12% será por prazo indeterminado e a segunda, de 4,09% vai vigorar por 64 meses. A revisão das tarifas ainda depende de publicação de aprovação pelo Ministério das Comunicações, de acordo com o Diário Oficial. Com o aumento, a carta comercial de até 20 gramas passará a custar R$ 1,83. Anteriormente, o valor era R$ 1,23.

Outro reajuste
Em abril, o Ministério da Fazenda havia autorizado aumento de 7,48% nas tarifas dos serviços postais e telegráficos prestados pelos Correios. Na época, a empresa explicou que os serviços da estatal são reajustados todos os anos, com base na recomposição dos custos, como aumento dos preços dos combustíveis, contratos de aluguel, transportes, vigilância, limpeza e salários dos empregados.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Quero assinar com preço especial
[Acesse aqui]

Sou assinante

Sou assinante do impresso,
mas não tenho login
[Solicite sem custo adicional]

Tire suas dúvidas, em horário
comercial, pelo (47) 3351-1980

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio