Preso homem que fabricava diversos documentos falsos em Itajaí

Acusado mantinha estrutura em Santa Catarina e distribuía para todo o Brasil

Preso homem que fabricava diversos documentos falsos em Itajaí

Acusado mantinha estrutura em Santa Catarina e distribuía para todo o Brasil

A Polícia Civil prendeu um homem de 50 anos na sexta-feira, 12, pelos crimes de receptação qualificada, falsificação de documento público e particular e falsificação de papéis públicos. A prisão ocorreu em cumprimento ao mandado de busca e apreensão na residência e local de trabalho do preso, no bairro Cidade Nova, em Itajaí.

De acordo com o Delegado Raphael Werling de Oliveira, foram apreendidas centenas de cédulas de identidade em branco (de dez estados brasileiros), cédulas de CNHs em branco, várias CNHs, cédulas de CRVLs pertencentes a lotes furtados dos Ciretrans de Itajaí e São Joaquim, impressoras, espelhos de 55 folhas de cheques de diferentes instituições bancárias, matrizes para falsificar documentos, selões de fiscalização da Corregedoria Geral da Justiça do Estado de Santa Catarina, blocos de atestados da Secretaria de Saúde de Itajaí e do Hospital Marieta Konder Bornhausen, bloco de receituário da Secretaria de Saúde de Itajaí.

Segundo o delegado, o acusado vendia os documentos para o Brasil todo. “Os compradores dos documentos falsificados faziam o pedido, muitas vezes por e-mail, e o conduzido os enviava pelo correio, e recebia o pagamento em uma conta bancária. As carteiras de habilitação eram vendidas pelo valor de R$ 800 reais. Esses compradores eram associações criminosas que utilizavam documentos falsos nos mais diversos crimes, por exemplo, compra e venda fraudulenta de terrenos, desvios de cargas, entre outros”, concluiu.

O homem já possui antecedentes criminais pelos mesmos crimes, inclusive, já foi preso pela DEIC em 2012.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio