Conteúdo exclusivo para assinantes
Página 3

Bastidores da política e do Judiciário, opiniões sobre os acontecimentos da cidade e vigilância à aplicação do dinheiro público

Preso por corrupção, deputado João Rodrigues foi o 13° mais votado em Brusque

Página 3

Bastidores da política e do Judiciário, opiniões sobre os acontecimentos da cidade e vigilância à aplicação do dinheiro público

Preso por corrupção, deputado João Rodrigues foi o 13° mais votado em Brusque

Página 3

O deputado federal João Rodrigues (PSD), preso no início de fevereiro pela Polícia Federal após ter sido condenado por improbidade administrativa pelo Tribunal Regional Federal (TRF-4), foi o 13º candidato mais votado em Brusque nas eleições gerais de 2016, entre 120 candidatos.

O parlamentar conquistou 483 votos no município, na eleição em que o candidato mais votado foi o ex-vereador Moacir Giraldi (DEM), que fez pouco mais de 11 mil votos.

João Rodrigues foi condenado a cinco anos e três meses de prisão em regime semiaberto, por improbidade administrativa.

A Corte reconheceu que ele atuou em fraude em licitação, durante período em que governou o município de Pinhalzinho, no Oeste de Santa Catarina. A condenação é de 2009 e o processo estava próximo de prescrever. Por isso, o STF determinou a imediata execução da pena.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Quero assinar com preço especial
[Acesse aqui]

Sou assinante

Sou assinante do impresso,
mas não tenho login
[Solicite sem custo adicional]

Tire suas dúvidas, em horário
comercial, pelo (47) 3351-1980

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio