Primeiro trecho do acesso Guabiruba – Brusque começa a ser asfaltado hoje, 18 de abril

Segundo o novo gerente de obras, o segundo trecho, da rua Arthur Wandrey até o portal, deve ficar pronto até a metade da próxima semana se o clima continuar seco

Primeiro trecho do acesso Guabiruba – Brusque começa a ser asfaltado hoje, 18 de abril

Segundo o novo gerente de obras, o segundo trecho, da rua Arthur Wandrey até o portal, deve ficar pronto até a metade da próxima semana se o clima continuar seco

As obras de pavimentação do acesso entre Brusque e Guabiruba continuam rendendo polêmicas e indefinições. O prazo para o término da primeira etapa da obra era até o final de março, e irrevogável segundo Juliano Schumacher, presidente da empresa financiadora, a Guabifios Produtos Têxteis Ltda. 

De acordo com informações do gerente contábil da Guabifios, Ademilson Agenor Correia, a Viapav Construtora, responsável pela execução da obra, enfrenta dificuldades financeiras e por esse motivo não estaria conseguindo cumprir os acordos. 

Na última reunião entre as empresas envolvidas, uma nova data foi prometida: a camada asfáltica nos 340 metros iniciais (do trevo à curva do Scharf) e na nova etapa iniciada (da rua Arthur Wandrey até o portal de entrada de Guabiruba) devem acontecer até amanhã, dia 19 de abril. 

Além da nova data, José Carlos Zandoná, o novo gerente de obras pela Viapav, teria prometido acelerar o ritmo da obra e teria providenciado novas contratações para a finalização das bocas de lobos, que ainda não foram concluídas.


Proprietários não aceitam indenizações

Os impasses em relação às indenizações continuam, agora com os proprietários dos locais que serão atingidos pela duplicação da estrada. O aditivo, no valor de R$ 900 mil, já foi aprovado pela Secretaria da Fazenda e pelo Departamento de Infraestrutura – Deinfra, mas alguns proprietários não aceitaram o valor proposto. 

Tensão 

A falta de paciência da comunidade com a lentidão das obras têm chegado aos ouvidos dos vereadores do município que na sessão da última terça-feira, 16, se exaltaram nos pronunciamentos sobre o assunto.

Na sessão da Câmara da semana passada, o vereador Nilton Rogério Kohler (DEM) criticou a lentidão e eficiência das obras. Na sessão desta semana, o presidente da Casa, vereador Waldomiro Dalbosco (PP), rebateu as críticas de Nilton classificando-as como absurdas e infundadas. 

> Saiba mais na edição impressa do jornal MDD desta quinta-feira, 18 de abril.

Colabore com o município
Envie sua sugestão de pauta, informação ou denúncia para Redação colabore-municipio